A gangue do MARIO: incendiar

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O fogo está solto em Brasília. Primeiro, consumiu um apartamento em Águas Claras. Ontem, na Asa Norte. O fogaréu em prédios trouxe às manchetes o verbo incendiar. E, com ele, a gangue do MARIO. São cinco verbos que dão nó nos miolos dos falantes. A letra inicial de cada um forma o nome do grupo — m de mediar, a de ansiar, r de remediar, […]

Acertamos — conjugação de intervir

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Às 8h30, uma camareira ouviu gritos de socorro, mas ninguém interveio”, escrevemos na pág. 23. Viva! Nota 10 para a conjugação do verbo intervir. Derivado de vir, ele se flexiona do mesmo jeitinho do paizão: eu venho (intervenho), vem (intervém), vimos (intervimos), vêm (intervêm); vim (intervim), veio (interveio), viemos (interviemos), vieram (intervieram). E por aí vai.

Conflito Israel e Palestina: o porquê dos porquês

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Não deu outra. Nas matérias sobre a transferência da embaixada americana para Jerusalém, o porquê fez a festa. Ora apareceu junto. Ora separado. Ora com acento. Ora sem o chapeuzinho. Algumas escolhas mereceram nota 10. Outras ficaram devendo. Na verdade, não há quem não hesite na hora de escrever uma forma ou outra. Muitos chutam. Mas, como a língua não é loteria, a Lei de […]