O sommelier de pinga

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Toda vez que via um sommelier cuspindo o vinho que acabara de provar, meu amigo reclamava: “Que desperdício! Se fosse eu bebia tudo”. Era só um chiste, nunca gostou de vinho, jamais abandonou a dourada cerveja – antes a faixa azul da Antárctica, hoje dando preferência à Original ou Stella Artois. Não é apenas uma preferência; desde a adolescência derruba […]

Força verde e amarela 

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os cambuís parecem ter se decidido a mostrar seu valor nesta temporada. Subjugadas pela força que os ipês exercem sobre as pessoas, essas árvores frondosas e verdes mostram sua exuberância amarela há mais de mês, ao contrário das adversárias que floram e deixam as pétalas no chão em poucos dias. É fácil distinguir os cambuís das outras árvores estrangeiras plantadas […]

Um otário barato

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Fim de um ano, início de outro, a gente fica suscetível a um monte de bobagens. E foi assim que a mulher me pegou de surpresa, entrando na minha frente com o braço esticado e a mão espalmada na altura do meu peito: “Você tem coisa mandada; tá tudo escuro. Vou ler a sua sorte”, disse. O espírito cínico que […]

Comida proibida

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Amigo viajando é quase sempre boa notícia, ainda mais quando são pessoas solidárias como o simpático casal que, vira e mexe, vai a Belo Horizonte matar as saudades de familiares e antigos companheiros. E volta com a bagagem recheada. Sim, porque, por mais que Brasília seja hoje uma cidade de ar cosmopolita – embora o bolor provinciano exale da pele […]

O amanhã, como será?

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O futuro está demorando muito. Daqui mais algumas horas 2019 termina e nada do que foi prometido em O Caçador de Andróides, o filme de Riddley Scott – que se passa precisamente em 2019 – apareceu. O mundo continua dividido em países, não houve colonização de outros planetas e os carros ainda usam rodas. Para piorar, a PanAm faliu – […]

A história como mestra

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Era para durar um mês só, homenagem ao Dia da Consciência Negra, mas ainda estão lá, na fachada dos 36 portões de embarque do Aeroporto de Brasília, os nomes de personalidades negras de destaque. Estavam acompanhadas de um painel, explicando quem são e o que fizeram aquelas pessoas, mas não estão mais – ficaram só os nomes. Homenagens assim são […]

O velho adolescente

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Não faz muito tempo que cientistas defenderam que a adolescência só terminaria aos 24 anos de idade. Pela lei brasileira, vai até os 18; americanos vão aos 19 (nineteen, último dos teens), quando terminam as principais modificações hormonais do corpo, principalmente o feminino. Mas essa discussão só existe porque esse pessoal não conheceu Orlando Pacheco. Orlando nos deixou esta semana. […]

De costas para o lance

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Escrevo antes do jogo do Flamengo com uns árabes; não sei o resultado e nem quero saber, até porque sou ruim de prognóstico – nunca acertei mais que quatro dos 13 jogos da loteca. Futebol não me fascina mais, e a culpa não é apenas do América, que hoje faz figuração numa obscura divisão inferior, mas por causa das novidades. […]

A musa que cisca

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Nos grotões brasileiros, onde o politicamente correto ainda não chegou, era chamado de abobado. Mas o rapaz tinha olhar esperto, era prestativo e sabia tudo sobre passarinhos – imitava alguns cantos, inclusive. Sabia até que sanhaço e pipira é o mesmo bicho. E piava com aquela sonoridade aguda que a gente só ouve sair de garganta de passarinho e de […]