(Foto: Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)
CBPFOT241020152174 24/10/2015. Crédito: Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Estátua que simboliza a justiça em frente à sede do Supremo Tribunal Federal - STF, na Praça dos Três Poderes. (Foto: Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press)

STF define situações em que aprovados fora das vagas do edital podem ser nomeados

Publicado em cadastro reserva, Concursos Públicos

Nova tese de repercussão geral com relação ao mundo dos concursos foi definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (9/12). Por maioria dos votos, ficou decidido que “o surgimento de novas vagas ou a abertura de novo concurso para o mesmo cargo, durante o prazo de validade do seleção anterior, não gera automaticamente o direito à nomeação dos candidatos aprovados fora das vagas previstas no edital. Porém, foram ressalvadas três hipóteses em que o candidato aprovado em cadastro reserva ou excedente tem direito à nomeação, são elas:

 

1 – Quando a aprovação ocorrer dentro do número de vagas dentro do edital;
2 – Quando houver preterição na nomeação por não observância da ordem de classificação;
3 – Quando surgirem novas vagas, ou for aberto novo concurso durante a validade do processo seletivo anterior, e ocorrer a preterição de candidatos de forma arbitrária e imotivada por parte da administração nos termos acima.