Haver: significados e emprego

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O verbo mais ardiloso da língua? É o haver. Ele joga em todos os times. Ora tem um significado, ora tem outro. Ora é pessoal, ora impessoal. Ora forma pleonasmo, ora esnoba a redundância. Ora forma expressão que se confunde com outra, ora se revela claro como a água da fonte. Ufa! Mas, como diz o povo sabido, não há bem que sempre dure, nem […]

Reaver: conjugação

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Louco pelos prazeres da carne, o haver é do tempo em que não havia camisinha. Resultado: teve filhos. Um deles: reaver. O garoto quer dizer haver de novo (recuperar). Muitos lhe confundem a paternidade. Escrevem reavejo,  reaviu como se o verbo fosse derivado de ver. Bobeiam. Ele só se conjuga nas formas em que aparece o v do paizão: houve (reouve), haveria (reaveria), haverão (reaverão). […]

Erramos: aja e haja

Publicado em 1 Comentárioportuguês

“Talvez algum medicamento que haja de forma semelhante à morfina ou à heroína consiga aumentar a hipocretina de narcolépticos”, escrevemos na pág. 14. Ops! Confundimos as grafias. Aja, do verbo agir, e haja, do verbo haver, se pronunciam do mesmo jeitinho. Mas o significado não tem nada a ver um com o outro. No caso, agir pede passagem: Talvez algum medicamento que aja de forma […]

Manhas do haver

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Alguém disse que a língua é um sistema de ciladas. Pensava, com certeza, no haver. O verbo ora é pessoal. Conjuga-se em todas as pessoas. Ora, impessoal. Só se flexiona na 3ª pessoa do singular. Lidar com ele parece difícil. Mas não é. Basta entender-lhe as manhas. Uma vez conhecidas, fica a certeza: o leão é manso como o gatinho lá de casa. Pessoal O […]

Simples assim

Publicado em Deixe um comentárioGrafia

A ver? Haver? Como não confundir as formas que soam do mesmo jeitinho? Seja esperto. Faça o jogo do troca-troca. Se o a for substituível por que, abra alas para o ver. Caso contrário, o haver pede passagem: Este caso não tem nada a (que) ver com aquele. Minha experiência tem tudo a (que) ver com a de Maria. Vai haver festa por aqui?