Chamar a atenção: escrita e vício

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A expressão chamar a atenção se escreve assim, com o substantivo precedido do artigo (chamar a atenção de alguém): O pai chamou a atenção do filho. A roupa do cantor chamou a atenção da plateia. Passou despercebido, sem chamar a atenção. Atenção, muita atenção. Não use a construção viciosa chamar alguém à atenção (ele foi chamado à atenção pelo irmão). Xô, coisa ruim!  

Crase: casa

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Quando se trata da própria residência, não se usa com artigo. Por isso não admite crase: Voltei a casa depois das 10 horas. O acento grave indica o casamento de dois aa. Um deles é a preposição. O outro, quase sempre, o artigo definido. A palavra casa respeita a regra. Jogo de mata-mata, a dissílaba exige atenção plena. Se falamos da nossa casa, o artigo […]

A invasão

Publicado em Deixe um comentárioartigo

 A internet trouxe o mundo pra dentro da nossa casa. Fatos que acontecem em lugares distantes, que não têm relevância pra nós, ganham destaque. É o caso de explosão no Egito. Ao dar a notícia, a GloboNews disse que “25 pessoas morreram nos arredores de Cairo, a capital do país”. Nada feito. É verdade que nome de cidade dispensa artigo. Dizemos Paris (não: a Paris), […]

Distância aristocrática

Publicado em Deixe um comentáriopreposição, sujeito

Na gramática, nem todos são iguais perante a lei. Alguns são mais iguais. É o caso do sujeito. Dono e senhor da oração, ele manda e desmanda. Um dos caprichos do mandachuva: nunca vir preposicionado. Por isso, nem em delírio, combine o artigo ou o pronome que acompanha o todo-poderoso com a preposição. É briga certa. Dizer é hora do show começar? Valha-nos, Deus. Peça […]

Chipre 1

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Um doido ameaçou explodir avião egípcio que sobrevoava o Mediterrâneo. O Bom Dia, Brasil noticiou: “Homem obrigou a aeronave a pousar no Chipre”. Ops! Maltratou a língua. Chipre dispensa a companhia de artigo: Chipre é ilha. Sou de Chipre. Visitei Chipre no ano passado. Homem obrigou avião a pousar em Chipre.

Chipre 2

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Mesmo time. Chipre joga no time de Goiás, Sergipe, Pernambuco, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul & cia. Eles agradecem a generosidade, mas dispensam o artigo: Goiás fica pertinho de Brasília. Sou de Goiás. Nasceu em Goiás. Chegou de Sergipe. Nasceu em Mato Grosso, mas mora em Mato Grosso do Sul.  

Xô, artigo

Publicado em Deixe um comentárioGeral

Não bobeie. Expressões construídas com pronome possessivo se usam sem artigo: a meu ver, a meu lado, a seu pedido, a nosso bel-prazer (não: ao meu ver, ao meu lado, ao meu pedido). Olho vivíssimo, moçada. A ponto de, no sentido de prestes a, segue o mesmo princípio: Esteve a ponto de disputar a eleição. Chegou a ponto de morrer. Mas escapou. Não se precipite. […]