Humor sem graça

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A política brasileira anda tão sem graça que a liberação das sátiras e piadas que têm suas excelências como personagens, conforme decisão do STF, pode entrar no rol daquelas leis que não pegam. Os humoristas têm se desdobrado para achar graça nas situações nacionais, mas o que deveria ter como consequência o riso, frequentemente acaba em acessos de raiva. O […]

A luta começa hoje

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O brasileiro ainda procura o fio da meada da História, tentando entender o que está acontecendo com o País, e buscando uma explicação para o emaranhado do novelo; mas no meio do caminho tem uma Copa do Mundo. Ainda bem. O escrete entra em campo hoje com uma obrigação a mais desta vez, além de jogar futebol: mostrar que o […]

É uma cilada, Bino!

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A oclocracia sempre foi – mais que um palavrão – uma ilusão. Melhor, uma teoria. O termo criado por Aristóteles servia apenas para denominar uma das três formas de degeneração de um governo; ninguém nunca levou a sério como política viável, já que define o exercício do poder pela plebe. Até agora. A exceção foi John Lennon, que fez até […]

CRÔNICAS REVISTAS: A morte da utopia

Publicado em 1 ComentárioCrônica

Há 222 anos Robespierre prometeu que iria instalar o império da sabedoria, justiça e virtude na França. Decapitou 1.400 pessoas em 49 dias. Governou pelo terror, que ele julgava ser uma expressão da virtude. Desde essa época, os políticos mentem. A cabeça do então comandante dos jacobinos rolou na cestinha da guilhotina. Não se usam mais lâminas afiadas para resolver […]