BC vai cortar juros nesta quarta. A pergunta é se deixará portas abertas para novas baixas

cartórios
Publicado em Deixe um comentárioEconomia

O mercado financeiro bateu o martelo e está convencido de que Banco Central cortará a taxa básica de juros (Selic) na reunião desta quarta-feira (04/04) do Comitê de Política Monetária (Copom), de 4,5% para 4,25% ao ano. A pergunta que todos se fazem é a seguinte: o BC deixará as portas abertas para futuras reduções?   Quem acompanha o dia […]

Dólar vai a R$ 4,20 e reflete toda a ansiedade dos investidores

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

RAFAELA GONÇALVES A terça-feira (21/01) está sendo marcada por grande ansiedade no mercado financeiro. A ponto de o dólar romper, novamente, a barreira dos R$ 4,20, com alta de 0,3%.   Além da perspectiva de nova queda da taxa básica de juros (Selic) na reunião de fevereiro do Comitê de Política Monetária (Copom), o que afasta mais o capital estrangeiro […]

Fluxo cambial fica positivo em US$ 1,1 bi, mas dólar alto preocupa

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

ROSANA HESSEL O fluxo cambial registrou superavit de US$ 1,1 bilhão até o dia 10 (são sete dias úteis), conforme dados divulgados nesta quarta-feira (15/01) pelo Banco Central. Esse saldo positivo, no entanto, ainda não sinalizada uma virada após debandada recorde no ano passado, de US$ 44,8 bilhões, segundo especialistas. Eles alertam para um comportamento atípico do mercado de câmbio […]

Saída de capital estrangeiro do país em 2019 bate recorde: US$ 44,8 bi

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

ROSANA HESSEL   A debandada de investidores estrangeiros do Brasil foi recorde em 2019, mesmo com o risco país medido pelo CDS (Credit Default Swap) para contratos de cinco anos ficando levemente abaixo de 100 pontos. Conforme dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira (08/01), as saídas líquidas de dólares do Brasil somaram US$ 44,8 bilhões no acumulado até o […]

Bolsa fecha nos 112.200 pontos e dólar cai para R$ 4,093

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

RAFAELA GONÇALVES Foi uma quinta-feira (12/12) de euforia no mercado financeiro. Tanto que a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) encerrou o pregão do dia nos 112.200 pontos, recorde histórico, com alta de 1,1%. O dólar caiu 0,58%, para R$ 4,093 na ponta de venda.   Tanto fatores internos quanto externos animaram os investidores. Por aqui, pesou, sobretudo, a […]

Dólar sobe 1% na semana: a bola fora de Paulo Guedes

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

Não há dúvidas de que esta foi uma péssima semana para o ministro da Economia, Paulo Guedes. Não bastasse a cobrança dentro do governo por um crescimento mais forte da economia, o ministro desandou a falar uma série de barbaridades, que serviram de estímulo para a arrancada dos preços do dólar.   Em Washington, onde tinha encontro com autoridades do […]

Banco Central vende US$ 1 bilhão de reservas e dólar recua

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

ROSANA HESSEL   O Banco Central realizou um leilão de US$ 1 bilhão de reservas no mercado à vista, nesta quinta-feira (28/11). Vendeu tudo, dando uma leve segurada na alta da moeda norte-americana, que registrou nova máxima histórica, ontem, de R$ 4,26.  Após a operação realizada antes das 10h, o dólar comercial abriu as negociações em queda e estava cotado a […]

Dólar dispara após fala de Guedes e bate novo recorde. BC reage

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

ROSANA HESSEL Ao afirmar ontem para investidores, em Washington, que o “dólar tende a ir para um lugar mais alto”, o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu o sinal verde para a desvalorização do real frente à divisa norte-americana.  Assim que o mercado abriu nesta terça-feira (26/11), o dólar bateu novo recorde, chegando a subir 1%, negociado a R$ 4,26, nova […]

Dólar dispara, fecha a R$ 4,20, maior cotação da história, e põe governo em alerta

Publicado em Deixe um comentárioEconomia

RAFAELA GONÇALVES Tudo o que o governo na precisava nesta segunda-feira, 18 de novembro, era uma notícia ruim vindo do mercado de câmbio. A ideia do Planalto era faturar com o anúncio de um deficit fiscal abaixo de R$ 80 bilhões neste ano e com o desbloqueio de R$ 14 bilhões do Orçamento. Mas o dólar não deu trégua.   […]