Detran/DF abrirá concurso com 100 vagas para agente de trânsito

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Boas notícias para concurseiros do Distrito Federal! A Secretaria de Planejamento e Gestão do Governo do DF (Seplag/DF) autorizou, nesta semana, a realização de concurso público para preencher 100 vagas no Departamento de Trânsito (Detran/DF).

As oportunidades são para agente de trânsito da carreira de policiamento e fiscalização de trânsito. As primeiras 50 vagas são para contratação ainda em 2009 e as 50 restantes serão para 2010. De acordo com a assessoria do Detran/DF, ainda não há previsão para o lançamento do edital de abertura da nova seleção.

A portaria foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (22/9).


Última seleção
O último concurso para o cargo de agente de trânsito do Detran/DF aconteceu em junho de 2003. Também foram oferecidas 100 oportunidades para a função, que exigia nível superior. O salário, na época, era de R$ 1.610,21. A seleção foi organizada pelo Cespe/UnB. 

Decisão do TCDF sobre concursos da PMDF pode sair hoje

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Concurseiros da PMDF! Ao que tudo indica, hoje conheceremos o último capítulo da “novela”.

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) acabou de confirmar à equipe do Blog que a decisão sobre o mérito a respeito dos concursos para oficial e soldado entrará na pauta da sessão desta quinta-feira (24/9). De acordo com o TCDF, o assunto deve ser um dos primeiros a serem discutidos no dia. A sessão está prevista para as 15h.

O que está em jogo, desta vez, é a validade do decreto assinado no início do ano pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. De acordo com o documento, as seleções da PMDF passariam a exigir nível superior para a função de soldado e graduação em Direito para o cargo de oficial da corporação.

O Tribunal de Contas julgará se estas exigências podem, de fato, ser feitas por meio de decreto ou se apenas uma nova lei teria condições de mudar os requisitos para os cargos de oficial e soldado da PMDF. A decisão está sob responsabilidade do conselheiro do TCDF, Renato Rainha.

Estamos acompanhando! Em breve postaremos mais novidades!

Apesar da demora, Funrio garante que todos que solicitaram devolução de taxa serão ressarcidos

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Recebemos um e-mail hoje que nos chamou a atenção: a concurseira Daniele, que participou da seleção do Ministério da Justiça, nos disse que tentou entrar em contato com a Funrio várias vezes, para fazer o pedido de devolução da taxa de inscrição, e não obteve resposta alguma. Fomos atrás do assunto e vimos que outros candidatos também reclamavam da mesma coisa.

Ligamos para a organizadora e a equipe da assessoria de comunicação nos informou que a empresa tem recebido um volume muito grande de pedidos, o que faz com que as respostas acabem demorando mais. Mas eles garantiram que todos aqueles que solicitarem o dinheiro da taxa de volta serão atendidos e ressarcidos.

O procedimento é o seguinte: os interessados devem enviar o pedido de devolução ao e-mail concursos@funrio.org.br. Nele, deve conter: o nome do candidato inscrito, o nome do titular da conta bancária onde o dinheiro deve ser depositado, o nome do banco, a agência, o número da conta e o CPF.

De acordo com a Funrio, há uma equipe dedicada a fazer os atendimentos. Os candidatos que enviarem o e-mail devem esperar uma resposta da empresa, que confirmará o recebimento do pedido e o encaminhamento para que o pagamento seja realizado. Após esta confirmação, o concursando deve fazer o acompanhamento na conta informada. A organizadora nos disse que o prazo médio para o depósito é de uma semana.

Os pedidos de devolução devem ser feitos apenas por e-mail. Mas quem tiver problemas pode ligar na central de atendimento da Funrio, pelo telefone (21) 3972-9357.

Resultado da enquete: 60,5% dos participantes prestariam concurso para cadastro reserva

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Olá, leitores! A nossa última enquete trazia a pergunta: “Você prestaria concurso público para cadastro reserva?” Agora cá estamos nós com mais um resultado. Apesar de muitos concurseiros reclamarem da existência do cadastro reserva, percebemos que a maioria dos que votaram prestaria concurso público para esta opção de vagas. Confira:

sim       60.53%  – 750 votos    não       39.47%  – 489 votos

TCDF aprova argumentos da PMDF sobre divulgação de resultados para soldado

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Concurseiros da PMDF, hoje tem mais um capítulo da novela: durante sessão realizada nesta terça-feira (22/9) no Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), a Polícia Militar do DF explicou o motivo de ter dado prosseguimento ao concurso para soldado mesmo após a suspensão da seleção.

Ocorre que, em 23 de julho, a PMDF divulgou os resultados das provas objetivas para soldado. Segundo o TCDF, nesta data o Conselho Especial do TJDFT já havia suspendido o concurso. Hoje a PMDF argumentou que, na época, não havia sido informada oficialmente sobre a suspensão do certame. O TCDF aceitou a explicação. Portanto, a corporação não sofrerá nenhum tipo de sanção por ter liberado a lista de classificação da primeira prova para soldado.

De acordo com o Tribunal de Contas, a partir de agora o mérito da questão começará a ser analisado pelo relator do processo, o conselheiro Renato Rainha. Ainda segundo o órgão, não há previsão de quando a decisão do caso deve sair.

Funrio divulga número de inscritos para concurso da PRF

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Aos concurseiros interessados nas informações da seleção da Polícia Rodoviária Federal para agente, uma novidade. A Funrio Concursos divulgou o número de candidatos inscritos em todo o país. A relação foi de 137,91 concorrentes por vaga. Ao todo, foram registrados 103. 437 participantes.

No ranking das inscrições, o estado que ficou em primeiro lugar foi o Paraná, com 25.216 inscritos e também ofereceu mais vagas, ao todo 190. O Mato Grosso do Sul é o segundo em inscrições, com 9.152. A Bahia vem encostada, com 9.134. No Rio de Janeiro, 4.842 candidatos disputarão 30 vagas; em São Paulo, as 64 vagas disponíveis serão concorridas por 5.855 candidatos. No Distrito Federal, 905 candidatos concorrerão a quatro chances.

 

Sobre o concurso:

O edital de abertura do concurso prevê remuneração de R$ 5.620,12. A jornada é de 40 horas semanais. O servidor também terá direito a auxílio-alimentação no valor de R$ 161,99. Não são reservadas oportunidades para portadores de deficiência física. Há oportunidades para todo país, com exceção dos estados de Mato Grosso e Pará.

As atividades do cargo são de fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF).

A prova objetiva e a redação serão aplicadas no dia 18 de outubro e o candidato poderá consultar o cartão de informação com o local de prova no site da organizadora a partir do dia 9 de outubro.


Relação de inscritos por estado:

 

Alagoas: 891

Amazonas: 3.569

Amapá: 1.648

Bahia: 9.134

Ceará: 600

Distrito Federal: 905

Espírito Santo: 1.152

Goiás: 1.234

Maranhão: 5.977

Minas Gerais: 6.165

Mato Grosso do Sul: 9.152

Paraíba: 683

Pernambuco: 1.360

Piauí: 386

Paraná: 25.216

Rio de Janeiro: 4.842

Rio Grande do Norte: 636

Rondônia: 8.655

Roraima: 2.665

Rio Grande do Sul: 8.309

Santa Catarina: 2.371

Sergipe: 604

São Paulo: 5.855

Tocantins: 1.428

Lei sancionada cria nova instituição de ensino e concurso com 840 oportunidades

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Boas oportunidades para a área da educação. O Presidente Lula divulgou e sancionou, na última semana,  lei que cria e regulamenta uma nova instituição de ensino. A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), que é vinculada ao Ministério da Educação, terá sede e foro na cidade de Chapecó, em Santa Catarina. O ordenamento estabeleceu a criação de 840 cargos, que devem ser preenchidos por realização de concurso publico.  

Do número total de vagas, a seleção vai oferecer 500 chances para de professor da carreira do magistério superior e 340 oportunidades para  atividades técnico-administrativas.

Há vagas em cargos de nível médio e técnico para assistente em administração, técnico de laboratório, técnico de tecnologia de informação, técnico em agropecuária, audiovisual, contabilidade, segurança do trabalho, telecomunicações, telefonia e tradutor e intérprete em linguagem de sinais.

Já para nível superior, as oportunidades são para administrador, analista de tecnologia de informação, arquiteto e urbanista, arquivista, assistente social, auditor, bibliotecário-documentalista, biólogo, contador, economista, engenheiro, jornalista, médico, médico veterinário, nutricionista, pedagogo, secretário executivo e técnico em assuntos educacionais.

A lei sancionada, de nº 12.029, prevê que “até o preenchimento de 70% dos cargos de provimento efetivo, a instituição poderá contar com a colaboração de funcionários cedidos pelos governos federal, estaduais e municipais”.

A universidade também instalará campus nas regiões Sudoeste do Paraná e Norte do Rio Grande do Sul. Os municípios de Cerro Largo (RS), Erechim (RS), Laranjeira do Sul (PR) e Realeza (PR) também receberão as instalações da UFFS.

A instituição terá os cursos de administração, agronomia, aquicultura, arquitetura e urbanismo, ciência da computação, desenvolvimento rural, enfermagem, engenharia ambiental, engenharia de alimentos e licenciaturas em filosofia, história, geografia, sociologia, pedagogia, português, espanhol e educação no campo.

De acordo com o ordenamento “A UFFS encaminhará ao Ministério da Educação proposta de estatuto para aprovação pelas instâncias competentes, no prazo de 180 dias contado da data de provimento dos cargos de Reitor e Vice-Reitor pro tempore”.

Quer fazer o concurso da Receita Federal? Confira dicas para a prova da Esaf

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Uma boa chance para aqueles que esperavam ansiosos pelo concurso da Receita Federal. A equipe do CorreioWeb conversou com César Frade, professor de um cursinho preparatório de Brasília, a fim de passar para vocês, leitores, algumas dicas para encarar as provas da Escola de Administração Fazendária, a famosa Esaf.

De acordo com Frade, os candidatos não devem esperar uma prova simples. “As provas da Esaf não são triviais, tendem a ser muito complicadas”, conta. O professor afirma ainda que os concurseiros devem ter como foco principal as matérias com maior peso, entre elas Contabilidade e Direito Tributário. Disciplinas com menor peso, como Economia, devem ser menos complexas. A parte de Raciocínio Lógico também deve ser tratada com cuidado, pois tende a ter uma complexidade considerável.

O segredo, segundo Frade, é se ater às questões elaboradas pela própria organizadora. “O estudo pelas provas anteriores pode auxiliar bastante para que o candidato tenha êxito. É importante que ele não fique estudando por questões elaboradas por professores e sim por provas da própria Esaf”, afirma.

Outro ponto importante é que a organizadora tende a vencer o candidato pelo cansaço. “Na prova da Receita, a Esaf costuma fazer questões com matérias sobre Direito, mais longas, para cansar o candidato. Algumas vezes ele não consegue ler a prova toda. Se a avaliação tem 4h30, o candidato leva no mínimo 3h30 para resolver todas as questões. É preciso ter uma estratégia de prova, para cada um dos dois dias”, diz.

E aí, pessoal! Quem vai encarar essa?

Nova enquete: você prestaria concurso público para cadastro reserva?

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Alguns grandes concursos, como os da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil (entre diversos outros, de várias áreas), só realizam concurso para cadastro reserva. Mas aí vem a questão: sem um número pré-determinado de convocações para contratação, os candidatos acabam vivendo uma grande dúvida. Vale a pena tentar uma seleção pública quando não há o direito líquido e certo de nomeação?

Nós queremos saber: você prestaria concurso público para cadastro reserva? Participem e comentem!

Em breve postaremos o resultado por aqui.

Justiça mantém realização do concurso para o TJ do Mato Grosso do Sul

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Os 28,8 mil concurseiros que prestarão as provas para o Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS) podem ficar tranquilos. O juiz da 2ª Vara Federal de Campo Grande, Ronaldo José da Silva, negou na tarde de hoje (18/9), o pedido de liminar para suspender o concurso. Portanto, a data para a aplicação das avaliações está mantida para o dia 20 de setembro, próximo domingo. O TJMS divulgou, também nesta sexta-feira, os locais de prova.

Ocorre que a Ordem dos Advogados do Brasil do Mato Grosso do Sul (OAB/MS), junto ao o Ministério Público Estadual do MS entrou com um pedido de liminar para suspender a seleção.

De acordo com o presidente da OAB/MS, Fábio Trad, o problema é que o edital de abertura não prevê reserva de vagas para deficientes, o que é considerado ilegal. Na ação civil pública, a promotora da Cidadania, Sara Francisco Silva, pediu a reabertura das inscrições para a inclusão dos deficientes.

Segundo o Instituto Sul-mato-grossense dos Cegos Florisvaldo Vargas (Ismac), houve a “violação dos princípios da igualdade de oportunidade”.

O certame formará cadastro reserva para os cargos de técnico de nível superior, com remuneração de R$ 3.229,65; analista judiciário, com vencimento de R$ 2.482,40 e auxiliar judiciário, função que exige nível médio, com salário de R$ 1.408,00.

A OAB do Mato Grosso do Sul informou à nossa equipe que ainda cabe recurso da decisão, já que o juiz da 2ª Vara Federal de Campo Grande negou parcialmente o pedido liminar, impedindo apenas que as provas para a seleção fossem canceladas, mas não a mudança de regras com relação à reserva de vagas para portadores de necessidades especiais.