Pia Sundhage-treinadora
SOCCER-WOMEN/ Reuters/Larsson Rosvall

Seleção feminina de futebol tem técnica estrangeira pela primeira vez

Publicado em Futebol

Dois dias após a demissão de Vadão, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a bicampeã olímpica Pia Sundhage como a nova treinadora da Seleção Brasileira feminina de futebol. O anúncio oficial feito nesta quinta-feira (25/7) confirmou pela primeira vez uma estrangeira no comando de uma equipe de futebol do Brasil. Nem o time feminino, nem o masculino tiveram treinadores estrangeiros.

CBF e Pia firmaram um compromisso inicial de dois anos, com possibilidade de renovação pelo mesmo período. Com o contrato assinado, a treinadora sueca se tornou também a segunda mulher a assumir o comando da Seleção feminina. Antes dela, apenas Emily Lima havia treinado a Seleção. A atual treinadora do Santos se manteve no cargo por menos de um ano. Emily estreou no posto em dezembro de 2016 e foi demitida em setembro de 2017.

Pia assume a Seleção Brasileira após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo da França. A principal competição da treinadora sueca no comando da equipe feminina do Brasil será os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A Seleção Brasileira já está classificada para a competição, que será disputada de 24 de julho a 9 de agosto.

O cenário olímpico é um velho conhecido da treinadora de 59 anos. Pia esteve presente nas últimas três finais e conquistou dois ouros com os Estados Unidos, em 2008 e 2012, além de uma prata com a Suécia, em 2016. Na Rio-2016, ela inclusive foi algoz do Brasil, já que eliminou a equipe brasileira nas semifinais em pleno Maracanã.

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, afirmou que a escolha reflete a nova dimensão que a confederação pretende dar ao futebol feminino. “A partir da sua chegada, desenvolveremos um planejamento totalmente integrado entre a seleção principal e a base, equilibrando objetivos de curto prazo, como Tóquio 2020, com a renovação contínua dos nossos talentos”, disse. “Pia reúne a experiência e o talento perfeitos para isso. É uma enorme alegria termos essa lenda do futebol feminino no nosso time”, completou.

Confira o perfil da treinadora

Nome: Pia Morror Sundhage
Nacionalidade: Suécia
Idade: 59 anos
Principais trabalhos como treinadora: Hammarby (Suécia), Boston Breakers (EUA), Kollbotn (Noruega), KIF Orebro (Suécia), China (assistente), Estados Unidos, Suécia e Suécia Sub-17
Títulos: Jogos Olímpicos de 2008 e 2012, eleita a Melhor Treinadora de Futebol Feminino pela FIFA (2012)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*