Ana-Sátila-canoagem-mundial-Brasil
ANA CBCA/Divulgação

Conheça a brasileira de 21 anos que subiu duas vezes no pódio do Mundial de canoagem

Publicado em Canoagem

Com o fim do Campeonato Mundial de Canoagem Slalom neste domingo (1/10), uma brasileira fez história. Com apenas 21 anos, Ana Sátila foi responsável pelas duas medalhas do Brasil na competição, que foi disputada em Pau, na França. Dessa forma, se tornou a primeira brasileira a subir duas vezes no pódio em um Mundial da modalidade.

A passagem da atleta pelo Mundial já era considerada ótima com bronze na categoria C1, mas ficou ainda melhor com a conquista da prata na prova de K1 extreme. Com o segundo pódio, a mineira se tornou a única mulher da competição a conquistar duas medalhas em provas individuais.

A prata veio na categoria que ainda não é olímpica, mas pode integrar o programa olímpico nos próximos anos. A categoria K1 extreme estreou no Mundial este ano e Ana já demonstra afinidade com a prova. Antes da prata no Mundial, a canoísta já havia conquistado o ouro na mesma categoria na quarta etapa da Copa do Mundo, na Itália.

Para ganhar sua segunda medalha na competição, Ana precisou competir com a irmã Omira Estácia, outra representante brasileira da nova categoria. Omira chegou até as quartas de finais e ficou em 11º lugar em sua primeira participação no campeonato. As irmãs foram as únicas representantes femininas brasileiras no Mundial. Além delas, Pedro Gonçalves e Charles Corrêa disputaram a categoria não olímpica e ficaram em 7º e xx lugar, respectivamente.

Desde que entrou no mundo da canoagem slalom, Ana Sátila já fez história na modalidade. A jovem já participou de duas edições dos Jogos Olímpicos, em Londres-2012 e Rio-2016. Na Inglaterra, Ana foi a atleta mais jovem da delegação brasileira nos Jogos de Londres-2012, com apenas 16 anos. As medalhas olímpicas ainda não vieram, mas Ana começou com pé direito o novo ciclo olímpico rumo a Tóquio-2020.

Mundial em casa

Após o encerramento da competição, o Brasil foi anunciado como sede do Mundial de Canoagem Slalom de 2018. As provas já tem data e serão realizadas entre os dias 26 a 30 de setembro. no Rio de Janeiro. Além do Mundial Sênior, o país também será sede do Mundial Júnior e Sub-23 da modalidade em 2019.

Curiosidades sobre a medalhista

Ana foi a a única mulher a conquistar duas medalhas em provas individuais no Mundial de 2018

CBCA/Divulgação
Ana foi prata e bronze no Mundial | CBCA/Divulgação

Ana e a irmã Omira Estácia foram as únicas mulheres brasileiras no Mundial deste ano

Com apenas 21 anos, a canoísta já participou de duas edições de Jogos Olímpicos

Ana Sátila ficou em 17º lugar nos Jogos Olímpicos do Rio-2016

Ana é a 10ª colocada do ranking mundial na categoria C1 e a oitava na K1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *