Bolsonaro2

Embaixada dos EUA pede que cidadãos americanos fiquem longe de manifestações a favor de Bolsonaro

Publicado em Economia

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil enviou comunicado a todos os cidadãos norte-americanos que vivem no Brasil alertando para que fiquem longe das manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro no Sete de Setembro.

 

Na avaliação da embaixada, os riscos de confrontos violentos entre grupos rivais são grandes. Em São Paulo, por exemplo, estão marcadas manifestações na Avenida Paulista, a favor de Bolsonaro, e no Vale do Anhangabaú, contra, distantes pouco mais de três quilômetros.

 

O alerta da embaixada foi publicado em primeira mão pelo colunista Ancelmo Gois, de O Globo, e confirmada pelo Blog. Integrantes da representação norte-americana no Brasil dizem não ver qualquer possibilidade de golpe militar no Brasil, mas admitem um longo período de turbulência política.

 

Para os Estados Unidos, as instituições brasileiras são muito fortes e não deixarão que aventuras golpistas prosperem. A maior potência do mundo também acredita que as Forças Armadas brasileiras não atuarão além das quatro linhas da instituição.

 

Os EUA dizem ainda que jamais apoiariam a volta de uma ditadura no Brasil.

 

Em nota enviada ao Blog, a embaixada diz que ela e os Consulados dos Estados Unidos no Brasil “têm a responsabilidade de informar os cidadãos norte-americanos sobre eventos relevantes ocorridos em suas redondezas’.

 

E acrescenta: “Nossos avisos de rotina fornecem informações sobre os eventos atuais e os ajudam a decidir sobre suas próprias atividades. Esses alertas não refletem de forma alguma qualquer interpretação dos aspectos políticos, mas reiteram a orientação pública de longa data aos cidadãos norte-americanos”.

 

Brasília, 13h11min