Acelerei o Volkswagen T-Cross 200 TSI 2019 … e gostei

Publicado em Lançamento

Nunca na minha vida, eu imaginei que teríamos, no planeta, um SUV com motor 1.0. Como assim? Não seria pouco? A questão é que a tecnologia automotiva evoluiu muito e as montadoras inventaram um tal de turbo. Graças a essa acelerada atualização, a Volkswagen criou o propulsor 200 TSI. Traduzindo a sigla, 1.0 turbo com 20,4 kgfm de torque e 128 cavalos de potência. Um foguetinho!

O mais novo membro da família a receber esse motor foi o T-Cross, vendido a partir de R$ 84.990. Confesso que girei a chave meio desconfiado. No entanto, as impressões mudaram rápido. Ele anda muito bem, ganha fôlego com facilidade e, ainda, é econômico – chegou a marcar 15.1 km/l comigo, em uma rodovia do Rio de Janeiro.

O acabamento no carro, no entanto, não merece elogios. Falta material emborrachado e capricho. Para onde que se olha, lá está o plástico. A boa notícia vem do bom encaixe das peças. O interior só ganha charme com a moderna central multimídia e com o painel 100% digital – disponíveis, apenas, na versão Highline (mais completa e cara).

Resumo da história, não julgue o perfume pelo tamanho do frasco. Os motores estão cada vez menores, mas, ao mesmo tempo, mais eficientes.

Aperte o play e assista ao teste que fiz com o Novo T-Cross.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*