Temer manda apurar gastos de diretores dos Correios no exterior

Publicado em Economia

O presidente Michel Temer ficou extremamente irritado quando foi avisado por seus assessores sobre uma viagem de um grupo de executivos dos Correios para o exterior num momento em que a estatal anuncia um forte processo de corte de custos, inclusive suspendendo férias de funcionários e reduzindo horas extras.

 

Os assessores de Temer mostraram a ele fotos postadas pelo vice-presidente Corporativo dos Correios, Eugenio Walter Pinchemel Montenegro Cerqueira, no Facebook, como se estivesse fazendo turismo e não trabalhando. Chamou a atenção do Palácio do Planalto o fato de Eugenio aparecer no Facebook exaltando as belezas de Berlim e de Hanôner, quando deveria estar em Leipzig, Alemanha.

 

Temer, segundo auxiliares, cobrou explicações do presidente dos Correios, Guilherme Campos. Esse tipo de fato, no entender do Planalto, gera muitas críticas e desgastes desnecessários, sobretudo porque a estatal entrou no rateio do governo para conseguir votos no Congresso para projetos importantes, como a reforma da Previdência Social.

 

Esbanjamento

 

Os Correios justificam que a viagem de seus executivos para quatro países da Europa faz parte da estratégia da empresa de reestruturar os negócios. “Os Correios esclarecem que a missão técnica à Europa, formada por vice-presidentes e chefes de departamento, tem por objetivo conhecer as melhores práticas de hubs aéreos de carga. O conhecimento adquirido vai ajudar os Correios na implantação do Projeto Hub Brasil, no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)”, justifica.

 

Para o Planalto, porém, o momento não é para esse tipo de gastança. Os Correios enfrentam sua maior crise, com prejuízos acumulados de mais de R$ 4 bilhões, restringindo benefícios aos funcionários e exigindo esforços de todos. “É inaceitável ver esse tido de esbanjamento nas redes sociais”, diz um assessor do presidente da República.

 

Desde que a atual diretoria dos Correios tomou posse, tem sido um desgaste atrás do outro. Vários dos vice-presidentes não teriam conhecimento técnico para exercerem suas funções e não se encaixam na lei das estatais, aprovada recentemente pelo Congresso.

 

Brasília, 14h59min

  • Maria Lucia Gomes Tonete

    Os Correios só era bom no tempo do Coronel BOTO

    • Maria Da Gloria Lopes Tupinamb

      Perfeitamente, tempo bom aquele, muita moral que hoje está jogado na lama.

  • Arantes

    Enquanto fazem farra os trabalhadores nem água potável tem para beber! Esse giverno golpista entregou os correios ao vento e quem vai pagar é o pobre trabalhador até o plano de saúde estão levando do trabalhador! Fora Guilherme Campos e sua corjas de incopetentes !!!!

    • Fernando

      Foi no governo Dilma que bilhões foram retirados das estatal para maquiar as contas do governo. O déficit não é do “golpista” ele vem desde 2014.

      • Arantes

        Cara vc fala mais não trabalha nas estatais tenho amigos que trabalham e inclusive a citada a cima irá demitir 25 mil funcionários!! Foi o Lula ? Foi a Dilma? Não vê quem está no comando é e sempre foi o PMDB. Quem saqueou os fundos de pensão das estatais ? PMDB e agora o PSD está falindo os correios!!!

        • Fernando

          Quem disse que não? Conhece meu currículo? Cada um que aparece…

  • sefazpiauidf sefazpiauidf

    PRIVATIZA LOGO ESSE LIXO! Acabar com a farra dessa cambada de PARASITAS!

  • José Carlos

    A privatização seria o melhor para todos, menos para os sugadores, que perderiam a teta para mamar.

  • Angela Santos

    Que fique claro que essa farra está sendo feita por pessoas que vieram de fora da empresa. Pessoas que não são funcionários de carreira e que a sua maior espertise é ser amigo de políticos com ligações com o PSD e Planalto.

  • Antonio fonseca

    Essa cambada de companheiros vai acabar com os CORREIOS. Desde quando a política de companheiros PTralhas e cianeto aflorou comemecou o fim de uma grande empresa. A imagem foi ao chão.

  • Antonio fonseca

    O presidente TEMER não quer resolver a situação dos Correios. Enviei uma carta a ele pelos correios, ou leu e não quis se posicionar ou os correios não entregou ; o que ficou comum. Essa farra é devido a duas coisas: a quantidade de companheiros comissionados com altos salários e funções com remuneração singular. Esta então é uma festa. Se o Temer quinserir resolver faça cumprir a lei e a meritocracia. Entregue a empresa aos empregados da ect. Lá tem empregados com altíssimas qualificações e competência.

  • Paulo José

    Uma vergonha esse país sendo afundado por tamanha corrupção e o primeiro a dar exemplo é o mais ordinário, o presidente. Preciso dos correios para eu trabalhar mais minhas encomendas não chegam por causa desses ladrões do poder e das estradas. Um país que não tem lei não tem escrúpulos a maioria da população brasileira corrupta se vende por qualquer coisa; esperar o que desse Brasil? Nada só a derrota para o povo de bem. Assim não dá! Acorda povo brasileiro pra tirar a corda do pescoço! Bolsonario já!

  • Felipe Santos

    Tudo teatro, não vai dar em nada… sacanagem

  • Maria Da Gloria Lopes Tupinamb

    Pois é, como dizFelipe Santos, puro teatro, não dá em nada, como tudo está acontecendo, arranja- se um jeitinho brasileiro para tapar a boca dos empregados. Tenho engasgado em minha garganta principal orgia

    • Maria Da Gloria Lopes Tupinamb

      Devia ser cortadas os salários dos vice presidentes, pra quê tantos vices? Cada um recebe 46.000,00, já pensaram na economia se ficasse apenas um vice? Como era antes do PT? Pronto falei, estava engasgado.