Coronavirus Foto: JEFF PACHOUD/ AFP

Anvisa identifica nove pessoas com Covid-19 em embarcação que presta serviços a petroleiras

Publicado em Economia

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) identificou nove pessoas com Covid-19 em uma embarcação que estava no Porto do Rio de Janeiro. O navio, com 34 tripulantes, dava apoio marítimo a plataformas petrolíferas.

 

Segundo a Anvisa, a suspeita começou após o recebimento dos dados de saúde dos viajantes, demonstrando a ocorrência de sinais gripais, como febre, em alguns embarcados. Nove deles testaram positivo para o novo coronavírus.

 

A agência informa ainda que, entre os embarcados, estavam tripulantes e prestadores de serviço, em sua maioria, mergulhadores, que trabalham, por exemplo, identificando problemas em tubulações submarinas de plataformas petrolíferas e auxiliando a realização de reparos quando necessário.

 

“Após análise médica do estado de cada paciente, durante o desembarque, três foram encaminhados a hospitais. Por exigências da legislação marítima, que não permite à embarcação permanecer desguarnecida, um grupo de tripulantes permanece em isolamento no interior da mesma, sendo monitorados diariamente”, destaca a Anvisa.

 

Os demais desembarcados seguem em isolamento em dois hotéis em Niterói (RJ), e as informações sobre o estado de saúde deles são monitoradas pela Anvisa a cada 24 horas.

 

“Há evidências, pelos resultados positivados em número significativo de profissionais mergulhadores, que os pontos focais das infecções se vinculam a contextos comuns a eles, tais como ambientes de uso comum, equipagens de mergulho ou camarotes compartilhados”, diz o chefe do Posto Portuário da Anvisa no Rio de Janeiro, Afonso Infurna Júnior.

A Anvisa acompanhou o desembarque e o direcionamento dos tripulantes e mergulhadores e está monitorando os procedimentos de limpeza e desinfecção da embarcação a fim de prevenir novas infecções. Ainda, são monitorados os processos de fornecimento de alimentos e as retiradas de resíduos sólidos, ora classificados como infectantes – tipo A.

 

Brasília, 15h05min