porque-e-que-o-meu-filho-gosta-tanto-de-minecraft

Porque é que o meu filho gosta tanto de Minecraft?

Publicado em Variedades

O Minecraft foi criado em 2009, por Markus Person, programador suíço, que se propôs a elaborar um jogo tanto acessível como emergente. O jogo coloca o jogador em um mundo de realidade virtual, feita de cubos de diferentes materiais, deixando o percurso inteiramente à escolha do jogador.

Com dois modos disponíveis, sobrevivência e criativo, o jogador incorpora Steve ou Alex, e dispõe de território onde construir aquilo que quiser. No primeiro modo, terão que usar os blocos para construir abrigos, escondendo-se dos monstros que os querem matar, e através da junção dos materiais primários que a terra providencia, construir objetos de defesa. Já no segundo, não existem ameaças, podendo os jogadores vaguear e criar livremente.

Um dos principais responsáveis pelo sucesso do jogo é o Youtube, a comunidade e a envolvência dos criadores de conteúdo é exponencial. Outro os motivos talvez seja, por estranho que pareça, precisamente os gráficos pouco desenvolvidos, pois na atmosfera pixelizada o jogador é incitado à imaginação como único limite, e os resultados são em muitos casos extraordinariamente imponentes, como mostram as inúmeras galerias um pouco por toda a internet.

Além do mais, contrariamente a muitos jogos, Minecraft tem o seu valor educacional comprovado, pelo desenvolvimento de criatividade e estratégia, escala, proporção e exploração, nas crianças, existindo até mesmo a edição educacional do jogo: MinecraftEdu. Com a possibilidade de ser jogado em computadores e dispositivos móveis: PlayStation, Xbox e até iOS e Android.

Escolas e instituições de ensino mais atualizadas com o mundo da tecnologia e com o que os pequenos gostam utilizam-se do jogo para ensinar aos seus alunos princípios de programação de computadores e estabelecer conexões lógicas das tradicionais aulas de geometria com o mundo real, que no caso é virtual.

A ascensão da realidade virtual em dispositivos como HTC Vive, Oculus Rift e PlayStation VR tem logrado possibilidades de imersão jamais vistas e abrindo o apetite de jogadores e programados para as infinitas possibilidades que essas tecnologias emergentes podem oferecer não somente no que se refere a jogos, mas também no que se refere a treinamentos e aulas.

Outro dos fenômenos interessantes são os “mods” disponíveis. As modificações feitas por peritos em tecnologia permitem a introdução de inúmeras novidades, chegando até a existir jogos dentro do próprio jogo. As inesgotáveis possibilidades de exploração do espaço e dos materiais tornam assim Minecraft num mundo altamente apelativo a uma audiência cada vez maior.

Seu filho ou sua filha jogam Minecraft? Você já pergunto os porquês? Você já testou alguma vez? Conte-nos sua experiência à baixo!