Band/Divulgação
masterchef

MasterChef Brasil: faltou tômpero nesta semana?

Publicado em Sem categoria

Talvez nós estejamos mal acostumados. As últimas semanas do MasterChef foram tão movimentadas, recheadas de tretas e reviravoltas, que o episódio da última terça pareceu meio sem sal.

Não dá para ter briga toda hora. Por mais que o público saiba disso, a decepção é inevitável. Desde o episódio em que o Vitor B. cortou o dedo, a Nayane quase colocou fogo da cozinha e a Aderlize teve que sair do estúdio para não desmaiar, o ritmo estava frenético. Essa semana, as coisas se acalmaram.

Até a Mirian se comportou na prova em equipe. Não teve vitória de lavada, não teve avental vermelho reinando, não teve intriguinha no mezanino, não teve reviravolta… não teve nem Fogaça (ele estava com uma pedra no rim e não participou da gravação da segunda prova).

A prova em equipe foi no Jockey Club. Os participantes tiveram que preparar um almoço beneficiente para arrecadar fundos para a Casa do Zezinho, que cuida de crianças em situação de vulnerabilidade. Eles precisaram usar chocolates da Cacau Show para a sobremesa, que aliás, foram os pratos mais bonitos dos menus.

O grupo azul, com Valter, Leo, Deborah, Fabrizio, Mirian e Vitor B, levou a melhor em uma votação apertada. Por 25 a 22 votos eles ganharam o mezanino e fugiram da prova de eliminação. Os demais participantes tiveram que enfrentar uma VGE, uma sopa coberta com uma massa folhada. Eles ganharam uma aula do Jacquin e partiram para a cozinha.

A Aderlize venceu a prova, com direito a ganhar o avental que o Chef Jacquin usou, e ainda um mega elogio. Ele disse que a sopa da cozinheira estava melhor do que a que ele mesmo tinha feito. Por outro lado, o Fernando não conseguiu superar os colegas e rodou. Com muito choro dele, dos jurados e dos demais participantes, ele deixou o programa. Pior que ele foi eliminado justamente no dia em que conseguiu entregar um prato bonito… :(

Na próxima semana…

No próximo episódio, os participantes vão ter que enfrentar uma caixa misteriosa especial. Dessa vez, os cozinheiros vão encarar diferentes cortes da vitelona. Cada concorrente vai escolher sua peça através de um “leilão”, em que eles vão usar o tempo de prova como barganha. Ou seja, para “comprar” uma peça, eles vão ter que abrir mão de alguns minutos na cozinha.

Quem se der mal nessa etapa, vai enfrentar uma prova eliminatória com ingrediente típicos de diversos países da América do Sul.