Crédito: Vinicius Pereira/Divulgação
Helga Crédito: Vinicius Pereira/Divulgação

Helga Nemeczyk é uma das participantes da nova temporada de Show dos famosos; confira entrevista com a atriz!

Publicado em Entrevista, Programas, Reality show

Integrante da nova edição de Show dos famosos, Helga Nemeczyk fala sobre carreira ao Próximo Capítulo

Trinta peças de teatro, nove anos de Zorra total, passagem pelo SuperChef celebridades, do Mais você, e agora no elenco de competidores do quadro Show dos famosos, do Domingão do Faustão. Esse é o currículo da carioca Helga Nemeczyk, 37 anos, que, desde a infância, tinha o sonho de se tornar atriz. “Vivia pedindo para minha mãe, mas ela trabalhava fora e não tinha quem me acompanhasse. Então esperei fazer 18 anos, arrumei um emprego de vendedora em uma loja de roupas no shopping e comecei a pagar meu curso de teatro”, lembra em entrevista ao Próximo Capítulo.

Apesar de ser mais conhecida pelo trabalho de atuação, Helga também tem uma proximidade com a música, que poderá ser vista durante a segunda edição do programa, que começa oficialmente neste domingo (1º/4). “Vai ser bom para mim, mostrar para o Brasil esse outro lado do meu trabalho que é performar”, revela. Ao longo da temporada, a artista homenageará nove artistas do mundo da música nacional e internacional (relembre aqui como foi a primeira edição do Show dos famosos).

Helga Nemeczyk em SuperChef celebridades. Crédito: João Cotta/Divulgação
Helga Nemeczyk em SuperChef celebridades. Crédito: João Cotta/Divulgação

Essa será a segunda competição televisiva que Helga participa. Ela esteve em uma das temporadas do SuperChef celebridades. Uma das favoritas, acabou ficando em segundo lugar e o aprendizado no quadro ela leva para o Show dos famosos: “Foi incrível o aprendizado. Mas a competição em sim, não gostei muito. (risos) Por isso não vou ficar na competição, porque aumenta muito a ansiedade, você acaba se boicotando”.

Ao Próximo Capítulo, a atriz Helga Nemeczyk falou da participação no Show dos famosos, mas também se aprofundou em sua carreira e assuntos atuais, como a morte da vereadora Marielle Franco. Confira!

Entrevista / Helga Nemeczyk

O grande público a conheceu pela atuação no humorístico Zorra total, mas você já tinha experiência no teatro. Como começou a sua carreira de atriz? E o que lá atrás te motivou a seguir esse ofício?
Eu sempre sonhei em ser atriz, desde criança. Vivia pedindo para minha mãe, mas ela trabalhava fora e não tinha quem me acompanhasse. Então esperei fazer 18 anos, arrumei um emprego de vendedora em uma loja de roupas no shopping e comecei a pagar meu curso de teatro. Fiz o Tablado, juntei dinheiro, fui para Londres, fiquei um ano morando lá para fazer um curso de teatro musical, voltei e comecei a fazer testes atrás de testes e aqui estamos. Já são mais de 30 peças no currículo. Fora os nove anos de Zorra, é uma novela. Ainda falta muito! Quero ir mais longe!

Silvero Pereira; Naiara Azevedo; Sandra de Sá; Paulo Ricardo; Helga Nemeczyk; Mumuzinho; diretor do 'Show dos Famosos, Cris Gomes; Tiago Abravanel; e Alessandra Maestrini. Crédito: Marília Cabral/Divulgação
Silvero Pereira; Naiara Azevedo; Sandra de Sá; Paulo Ricardo; Helga Nemeczyk; Mumuzinho; diretor do ‘Show dos Famosos, Cris Gomes; Tiago Abravanel; e Alessandra Maestrini. Crédito: Marília Cabral/Divulgação

A partir do domingo você estrela a nova temporada do quadro Show dos famosos, do Domingão do Faustão. Como está a expectativa para a atração? E o que pode contar sobre as apresentações e preparações para o quadro?
Quando eu vi esse quadro no ano passado, eu fiquei maluca! Pensei: “Nossa que coisa bacana de fazer! Eu quero entrar no próximo”. Entreguei para Deus esse pedido e aqui estou eu! Roberta Galinari, produtora de elenco do Faustão me ligou e me convidou. Estou assistindo muito aos vídeos das performances dos meus homenageados, malhando para conquistar bastante resistência e fôlego para cantar, dançar e interpretar um artista diferente por semana. Dá um frio na barriga, é uma responsabilidade grande fazer artistas tão consagrados. Vou me dedicar ao máximo para chegar o mais próximo deles. Quero me divertir e divertir o público com muita qualidade e respeito. Vai ser bom para mim, mostrar para o Brasil esse outro lado do meu trabalho que é performar! Serão nove artistas ao todo. Quais são ainda é segredo! Mas são todos maravilhosos, que sou fã e terei muito orgulho de representar.

Você é uma atriz que também é cantora. Quais foram as experiências em unir esses dois dons? Você tem vontade de se lançar como cantora com disco e tudo mais?
A questão da música veio antes do teatro. Comecei a estudar música aos 13 anos. Depois com o teatro foi mais fácil de unir. Eu amo cantar, amo fazer teatro musical, mas sinceramente a carreira de cantora nunca foi meu foco. Mas agora, de uns dois anos pra cá, tenho me dedicado mais. Fiz um show só como cantora o JaZZIN’ The blues que é um projeto meu. E pretendo continuar. Agora gravar um CD já não sei… quem sabe?!?

Você também já participou de um outro quadro de competição da Globo, o Superchef celebridades. Como foi essa experiência?
Nossa!! Foi incrível o aprendizado. Mas a competição em sim, não gostei muito. (risos) Por isso não vou ficar na competição, porque aumenta muito a ansiedade, você acaba se boicotando. Ganhar é bom, mas aprendi que não é o principal. Aqui vou focar em fazer um bom trabalho e vai bastar. O prêmio se tiver que vir, será uma consequência.

Na televisão, você teve mais oportunidades de atuar mostrando seu lado de comediante. Tem vontade de, por exemplo, interpretar papéis de drama?
Comecei fazendo drama no teatro. A comédia foi meio por acaso. E depois desse tempo todo fazendo humor estou realmente desesperada para fazer um drama, confesso!!

O que você busca na hora de escolher as suas personagens?
A maioria das vezes os personagens escolhem a gente. Você já é convidada para fazer aquele determinado papel. Eu não costumo fugir da raia, não. O que vier eu traço. Quanto mais desafiador, melhor.

Num post recente no seu Instagram você falou da saudade de dirigir filmes. Você tem algum projeto nesse sentido?
Tenho muitos roteiros, que escrevi ao longo de minha vida acadêmica. Realizei apenas dois, no tempo de faculdade. Quero muito realizar os outros. Só que gosto mais de atuar do que dirigir e meus roteiros, no final das contas eu escrevo mesmo para eu atuar. Quando termino a história, eu me dou conta de que o que eu quero naquele filme é fazer a personagem mesmo.

Vivemos um momento bem melhor para as mulheres dentro do audiovisual. Como você vê? Acha que as mulheres ainda sofrem preconceito no cenário?
Sinceramente, nunca sofri. Temos mulheres diretoras, produtoras, fotógrafas, enfim, em todas as áreas do segmento. Somos competentes, inteligentes e dedicadas. E assim vamos seguir! Lutando pelo nosso espaço e mostrando cada vez mais o nosso poder!

Você tem projetos paralelos ou futuros que possa contar?
Tive que sair de dois espetáculos para fazer o Show dos famosos. Não daria para conciliar. Mas quero muito continuar a fazer meu show como cantora., o Jazzin’ the blues.

Você, como muitas atrizes, se manifestou sobre a morte de Marielle Franco. Na sua opinião, qual é a importância de figuras públicas, como vocês, se posicionarem sobre temas importantes para a sociedade?
Extrema importância. Ela foi a única que não se calou por ser mulher. Que incentivou a nós mulheres a libertarmos nosso sagrado, que lutava pelo nosso espaço na sociedade. Eu não passei o que ela ou tantas mulheres negras, lésbicas, de favela passaram. Mas imagino todo o sacrifício. Acredito que não só por essas mulheres ela lutava, mas por todas nós. E não só as mulheres , como os favelados, homossexuais, as minorias, e os seres humanos. Ela queria igualdade humanitária. Sua morte não pode ter sido em vão! Não podemos nos calar! Marielle Franco, Presente sempre!!