Brasiliense faz vaquinha para publicar livro sobre gravidez inesperada

Publicado em Sem categoria

Com Luiz Neto*

Jovem autora brasiliense organiza campanha de financiamento coletivo no Catarse para lançar livro premiado em plataforma de leitura na internet e tem 10 dias para bater a meta. Julia Braga, 26 anos, publicou 13 obras no Wattpad, entre elas Querido Bebê, que ganhou o prêmio Wattys 2016 – Edição de Colecionador.

A capa do livro que conquistou 4 milhões de leitores no Wattpad

O selo celebra os textos mais adicionados à biblioteca pessoal dos leitores. No Wattpad, o livro de Julia, voltado ao público jovem adulto, conquistou 4 milhões de leitores. Outras publicações da autora brasiliense são Eu, Cupido e Eu Não Amo Você. Atualmente, ela está escrevendo vários livros ao mesmo tempo e postando os capítulos no Wattpad. Algumas das obras em andamento são Psicologia Reversa e Senhor Cupido.

Julia Braga conquistou milhões de leitores on-line

Depois do sucesso na internet, a escritora decidiu lançar, em parceira com o grupo editorial Mapalab, a versão física do livro Querido Bebê. Ter a obra impressa em mãos, inclusive, era um pedido antigo dos leitores. Para realizar o objetivo, Julia busca ajuda do público: ela lançou uma vaquinha virtual a fim de financiar o projeto. De 1º de outubro até agora, a escritora arrecadou R$ 14.950.

Julia relata que os leitores reagiram positivamente à iniciativa de trazer o livro para o mundo real. “Na primeira semana, a gente arrecadou, tipo, R$10 mil e eu não esperava isso. Eles estão apoiando muito, fazendo uma divulgação pesada”, comemora. “Eu sabia que os meus leitores ajudariam, mas eu não tinha noção do quanto”, disse a autora.

Gráfico explica como o total arrecadado em financiamento coletivo será usado

A meta é alcançar R$ 19.800 no total. Restam 10 dias para o fim da campanha, e interessados em colaborar com o financiamento coletivo devem clicar no link até 31 de outubro. A campanha é no estilo “tudo ou nada”. Isso quer dizer que, se a meta não for atingida, todos os colaboradores receberão seu dinheiro de volta, e o projeto será cancelado.

Para incentivar leitores a ajudarem, a autora disponibiliza recompensas para os apoiadores do projeto. Trechos inéditos, final alternativo, carta manuscrita, marcadores, bottons, ecobag com ilustração definida em concurso on-line na página da autora no Wattpad e até o nome de um personagem que pode ser escolhido por você são alguns dos prêmios possíveis por ajudar o projeto.

Escritora oferece recompensas exclusivas para quem colaborar com a vaquinha virtual, como ecobags e outros brindes

O livro Querido Bebê: um livro sobre planos imprevistos e encontros conta a história de Isabela, uma estudante do 3º ano que tinha grandes planos, até descobrir a gravidez. Na história, a adolescente encontra uma forma de alivar os dramas e as dúvidas de uma gestação inesperada ao escrever cartas para o bebê em sua barriga e publicá-las em um blog, chamado Querido bebê.

Este é o mote do livro Querido Bebê

O portal começa a ter mais acessos que o esperado e a jovem passa a compartilhar sua nova vida com algumas milhares de pessoas. Uma semelhança com a vida de Julia é que, assim como a Isabela do livro, ela não esperava ter tantos acessos nas histórias que publica on-line. Para ler Querido Bebê on-line, acesse o site.

Confira relatos de leitores de Querido Bebê e um recado da autora no vídeo:

Saiba mais sobre a autora

Julia Braga tem 26 anos, não tem filhos, nasceu na capital federal e cursou letras na Universidade de Brasília (UnB). Depois, mudou-se para São Paulo, onde mora até hoje. Segundo ela, a cidade oferece mais possibilidades para escritores. Fez também um curso de escrita criativa na Irlanda, onde fez intercâmbio em 2017.

Apesar do sucesso on-line, infelizmente, Julia ainda não se sustenta com a escrita. “Até agora, eu não ganhei dinheiro com a literatura. Eu escrevo para os meus leitores”, explica ela, que é estagiária numa editora. Julia cursa produção editoria na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo.

Julia conta como nascem suas obras: “A história vem para mim e eu começo a pesquisar. Vou para o YouTube, vejo discussões das pessoas sobre o assunto e converso com quem vive a realidade que eu quero retratar”. O processo de escrita dela é bem orgânico. “Deixo a história correr solta e depois volto para ajeitar.”

Julia começou a escrever um livro aos 11 anos e, aos 16, passou a compartilhar histórias na internet. No começo, até o extinto Orkut servia de espaço. O livro preferido de Julia é O conto da aia, da autora canadense Margaret Atwood. A obra, de 1985, inspirou ópera, filme, romance gráfico e, mais recentemente, uma série televisiva estadunidense, conhecida pelo título original The Handmaid’s Tale.

 

*Estagiário sob supervisão de Ana Paula Lisboa