CRONIQUINHA: Pingos

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os primeiros pingos ofereciam um espetáculo fascinante. Era apenas uma chuva, mas a animada conversa na mesa do bar foi interrompida como se não tivesse a menor importância diante da primeira água que caia do céu depois de quatro meses. Como se o espetáculo precisasse de complemento, uma jovenzinha e uma criança deixaram a proteção da marquise e saíram numa […]

CRÔNICAS REVISTAS: Cena brasiliense

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

De longe é bonito de ver; de perto, um inferno. O começo da seca em Brasília traz, em contraste com o céu anil, redemoinhos que jogam poeira vermelha e folhas esturricadas para o alto, nas áreas mais abertas da cidade. São os lacerdinhas, apelido para lembrar Carlos Lacerda, político carioca de sulfurosos discursos, que causavam reboliço na República. Chamado de […]