Farmácia venceu o bar

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Bar fechado é uma desolação. Mesmo se a gente souber que ele vai reabrir em alguns dias. Os botecos contam a história de uma cidade, abrigam os personagens reais que formam a comunidade; é onde o executivo vai sem gravata, o operário tem voz e o político fica de orelha quente. O bar é a tribuna do homem comum, verdadeira […]

Orgulho da ignorância

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Na cultura hindu, qualquer um que não tenha um guru é considerado órfão, um pária incapaz de evoluir. Como o brasileiro gosta de ser original, aqui é o contrário. Os gurus que andam aparecendo entre nós não usam turbante ou longas barbas brancas; muito menos fazem pregações pela paz universal, a procura da iluminação. Faz mais ou menos 40 anos; […]

A voz do dono

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O jornal The New York Times publicou uma série de matérias com informações falsas ou inventadas pelo repórter Jason Blair, que driblou um dos mais competentes departamentos de checagem da imprensa mundial. A Globonews interrompeu a programação para informar que um avião havia caído num prédio da zona sul de São Paulo. Mentira. O jornal El País, um dos mais […]

Entre filósofos

Publicado em Deixe um comentárioCrônica, Sem categoria

Essa ideia de acabar com incentivos aos cursos de filosofia só não pode chegar ao botequim. É ali, numa cadeira de plástico, que o sujeito esquece a matemática da vida e mergulha nos mistérios da natureza humana, mesmo que seja na profundidade de uma poça d’água. É neste refúgio que a vida faz algum sentido. O filósofo Michel de Montaigne […]

O poeta e a cobiça 

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os vândalos foram um dos mais violentos e destruidores povos na época do império romano. Como godos, visigodos, ostrogodos e suevos, desceram da Escandinávia para barbarizar e só foram vencidos pelos hunos, ainda mais bárbaros. Essa história tem mais de 1.500 anos, mas alguns deles ainda estão por aí. Há dias alguns deles atacaram a estátua de Noel Rosa, no Rio […]

Ciência no botequim

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os desmentidos são coisas que perderam a função nos nossos dias. As pessoas passaram a se considerar tão sábias, completas e autossuficientes, que a própria razão perdeu a razão de existir, com o perdão da redundância. Se agora é permitido ter até um filósofo sem formação acadêmica e sem noção de ética, imagine o resto. No botequim temos filósofos melhores […]

Revoltas juvenis

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A arma ficava em cima do guarda-roupas do armário. Ninguém nunca imaginou, mas eu sabia que a .45 do meu pai, militar, ficava no canto esquerdo, ao fundo, ao lado de uma caixa de munição. Eu puxava as três gavetas de baixo e fazia uma escada para ver e mexer na pistola. Mas era muito pesada; preferia brincar com os […]

Sabedoria sobre rodas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Desde que encheram as estradas de pardais e buracos, desisti de vez de viajar de carro. Mas dias atrás peguei uma estradinha; nada muito cumprido, pista boa, algum movimento. Mas senti falta de algo que costumava me divertir quando era um motorista mais contumaz: as frases nas carrocerias dos caminhões. Quando menino meu pai me desfiava a contar o número […]

Onde estão os heróis?

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A mangueira foi campeã do carnaval carioca buscando heróis que não estão nos livros, reduzindo os que estão; mas essa história de recontar a História não cabe num samba. Ao contrário, a revisão pode trazer surpresas – para o bem e para o mal. Essas confusões começam ainda na época do descobrimento. Nas primeiras narrativas, Cabral era tratado como um […]