O preço da liberdade

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

                Andava sumido, mas naquela noite ele apareceu satisfeito da vida. Exalava confiança, olhava os companheiros de copo com aquela postura dos césares, vencedores; sem dúvida, havia triunfado em alguma das batalhas que todos travamos todos os dias, na busca daquela fagulha de felicidade que dá sentido à vida.                Ninguém perguntou nada. Nos […]

Tragédia sem fim

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Para Umberto Eco, foi um fenômeno de loucura. O mundo foi virado do avesso em 1968, a partir de uma explosão em Paris, que reverberou por todo o mundo ocidental e que, ao completar 50 anos, ainda desafia quem tenta explicar o que aconteceu. Como, aliás, previu o sociólogo Edgar Morin no calor dos acontecimentos.                Em maio daquele ano, uma […]

Outra língua

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

– Vocês entregam em casa? – Não, mas tem delivery. O diálogo terminou por aí. Preferi desligar o telefone, pegar o carro e ir comer em algum lugar que me entendessem em português. Medo de levar cat (gato) por hare (lebre). Lembro sempre a história de um amigo que fazia um giro pela Europa, quando deu vontade de comer um […]

Ontem e hoje

Publicado em Deixe um comentárioCrônica, Música

Desde que Caetano Veloso decretou que Noel Rosa era racista, aderindo à estupidez do pensamento politicamente correto, uma turminha que bate palmas para tudo que ele diz escanteou o poeta da Vila. Com uma análise rasteira da letra de Feitiço da Vila – que pode ser ouvida no youtube – o senhor baiano tentou criar uma polêmica nos moldes da […]

Um mundo feminino

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Nem o dedinho do Neymar tirou o foco do assunto: o dia da mulher. Aliás, já esticaram para semana e, se depender do meu voto, podemos consagrar todo o mês para elas. Qualquer coisa para não provocar mais uma discussão sobre a relação. Normalmente passo longe das prateleiras com livros de autoajuda; puro preconceito, confesso, mas não tenho nenhuma vontade […]

O saudoso de si

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Tem aquele responde tudo com detalhes – até um singelo ‘como vai?’. Tem também o comentarista, com posições definitivas sobre qualquer assunto. E o chato, que tenta mostrar intimidade de velhos amigos. A galeria de personagens do botequim é ampla; nem Chico Anysio conseguiu interpretar uma população tão grande, tão diversa. Nem todos são insuportáveis; aliás, nenhum é. O bar […]

Há meio século

Publicado em 1 ComentárioCrônica

Se fosse possível fazer um levantamento sobre as músicas mais tocadas em acampamentos e rodinhas de violão, provavelmente Andança ficaria em primeiro lugar. “Vim, tanta areia andei/ Da lua cheia eu sei/ Uma saudade imensa….” – mesmo quem não sabe a letra canta, inventa, fecha os olhos e ataca o contracanto nessa história de amor errante. Meio toada, meio samba, […]

Autoridade sem pincenê

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

                A tal gentrificação é um fenômeno antigo que ganhou apelido novo nessa onda de dar nome inglês sem traduzir ou explicar, só adaptando a grafia. Podíamos chamar de revitalização, mas como o português é uma língua morta, let’s go. É um processo elitista, como o nome demonstra – vem de gentry, aristocracia, gente bem – que procura recuperar áreas […]