Urubus malandros

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Pássaros migram. Esta era a única explicação que o meu amigo tinha para o repentino sumiço dos inquilinos alados que insistiam em tomar conta da cobertura do apartamento dele, no Sudoeste – e sujar. Nem escondia a alegria; voltou a convidar a namorada para tomar um vinho sem ser surpreendido com imundícies ou voos rasantes sobre a cabeça. Foram três […]

Quiosque sobrenatural

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Tem coisa que não se pode mudar. Dia desses fui ao quiosque do Ivan, no Setor de Diversões Norte, que o povo chama de Conic, para comprar o livro do Vicente Sá e voltei de mãos vazias pelo simples e acachapante fato de que o quiosque não está mais lá. Melhor dizendo, continua lá, mas fechado e com o perímetro […]

Entre lama e pulgas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Tem gente que gosta das letras, dos livros. Mas o que o livreiro Jorge Brito ama de verdade são as páginas – e quanto mais amareladas, melhor. Há anos ele trocou a gerência do seu Armazém do Livro Usado, na 403 Norte, hoje tocado pelo filho, para se tornar um garimpeiro das letras. Jorge trocou o Ceará por Brasília em […]

Traduções perdidas   

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Tudo começou com um cafuné. Ou melhor, antes que me entendam mal: com a tentativa de traduzir o significado de cafuné para o inglês. Na falta de palavras, o gesto quebrou o galho, mas ainda assim ficou faltando explicar aquela sensação de quem recebe o carinho. É mais ou menos o que acontece quando se tenta explicar o que é […]

Homem de verdade

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Dia desses um apresentador de televisão comentou a separação de uma atriz e disse que a moça precisava de um homem de verdade na vida dela. E completou: “Com tantos caras virando maricas, mulheres maravilhosas acabam ficando sem parceiros”. Como o assunto rendeu, foi adiante: “Nós, héteros, viramos minoria”. O sujeito errou duplamente. Ao se imiscuir na vida alheia e […]

É proibido rir

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Se alguém ainda tinha alguma dúvida de quem o mundo está ficando cada vez mais chato, a prova é o cancelamento da revista satírica norte-americana Mad. O jornal The New York Times também anunciou que parou de publicar cartuns em sua edição internacional. No caso da revista, o cancelamento interrompe 67 anos de afiada crítica social e ácida observação contra […]

O senhor do tempo

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Para o pessoal que vai ver Anitta e Xan Avião no Na Praia, amanhã, aqui em Brasília, não é tarefa simples captar a música de João Gilberto, morto há uma semana. São mundos diferentes. E que desafiam o velho adágio que sustenta que gosto não se discute. Para entender João Gilberto é preciso compreender o tempo. Desde o tempo que […]

Direto do engradado

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A moça estava ali improvisada, quebrando um galho. Se tem algo que frequentador de botequim não gosta é de novidade; fica todo mundo cheio de mania, até o mais descolado parece desenvolver o tal transtorno obsessivo  compulsivo (TOC) no último grau. Basta tirar a garrafa de Drink Dreher do lugar de sempre para chover reclamação; se as mesas estiverem fora […]