CRÔNICAS REVISTAS: A morte da utopia

Publicado em 1 ComentárioCrônica

Há 222 anos Robespierre prometeu que iria instalar o império da sabedoria, justiça e virtude na França. Decapitou 1.400 pessoas em 49 dias. Governou pelo terror, que ele julgava ser uma expressão da virtude. Desde essa época, os políticos mentem. A cabeça do então comandante dos jacobinos rolou na cestinha da guilhotina. Não se usam mais lâminas afiadas para resolver […]

CRONIQUINHA: Pingos

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Os primeiros pingos ofereciam um espetáculo fascinante. Era apenas uma chuva, mas a animada conversa na mesa do bar foi interrompida como se não tivesse a menor importância diante da primeira água que caia do céu depois de quatro meses. Como se o espetáculo precisasse de complemento, uma jovenzinha e uma criança deixaram a proteção da marquise e saíram numa […]

Sandices artísticas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Mais um videozinho com artistas falando circula pelas redes sociais. Zezé Motta, Caetano Veloso, Ivan Lins e mais um monte de celebridades dão opinião sobre a reserva do Cobre, na Amazônia, local que certamente não conhecem. À parte o festival de sandices ditas pelos protagonistas, pergunta-se: Será que alguém se deixa guiar por alguma opinião supostamente engajada de artistas do […]

CRÔNICAS REVISTAS: Cena brasiliense

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

De longe é bonito de ver; de perto, um inferno. O começo da seca em Brasília traz, em contraste com o céu anil, redemoinhos que jogam poeira vermelha e folhas esturricadas para o alto, nas áreas mais abertas da cidade. São os lacerdinhas, apelido para lembrar Carlos Lacerda, político carioca de sulfurosos discursos, que causavam reboliço na República. Chamado de […]

Nos tempos do rei Arthur

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

  Agora sim os ingleses têm um assunto sério para discutir. Chega de falar da saída da Europa, da bomba do Kim Jong e outros escapismos. Há um bebê real à vista; e pouca coisa é mais levada a sério do que a família real naquela estranha ilha – com ramificações pelo mundo afora, do Canadá à Austrália, passando pela […]