Revoltas juvenis

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A arma ficava em cima do guarda-roupas do armário. Ninguém nunca imaginou, mas eu sabia que a .45 do meu pai, militar, ficava no canto esquerdo, ao fundo, ao lado de uma caixa de munição. Eu puxava as três gavetas de baixo e fazia uma escada para ver e mexer na pistola. Mas era muito pesada; preferia brincar com os […]

Sabedoria sobre rodas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Desde que encheram as estradas de pardais e buracos, desisti de vez de viajar de carro. Mas dias atrás peguei uma estradinha; nada muito cumprido, pista boa, algum movimento. Mas senti falta de algo que costumava me divertir quando era um motorista mais contumaz: as frases nas carrocerias dos caminhões. Quando menino meu pai me desfiava a contar o número […]

Onde estão os heróis?

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

A mangueira foi campeã do carnaval carioca buscando heróis que não estão nos livros, reduzindo os que estão; mas essa história de recontar a História não cabe num samba. Ao contrário, a revisão pode trazer surpresas – para o bem e para o mal. Essas confusões começam ainda na época do descobrimento. Nas primeiras narrativas, Cabral era tratado como um […]

Taras à mesa

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Não se faz um bom enredo sem sexo. E nessa confusão de escrever um romance brasileiro pelo twitter, onde sobram intrigas, ódios, tentativas de assassinato e diferenças, agora tem sexo – ainda que torto – para dar o tempero final. Vamos ver aonde isso vai nos levar, se é que vamos a algum lugar. Daí, o Brasil passou a discutir […]

O machismo em cantadas

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O carnaval acabou, Momo perdeu o reinado e as coisas voltam ao normal. Mas o normal mudou. Não sei quem inaugurou cadeia por ter cometido o crime de assédio sexual, que estreou nessa folia, mas a história machista brasileira jamais será a mesma. Mas o machismo não vai morrer por decreto. Há toda uma cultura envolvida e que agora pode […]

Dá licença de brincar?

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

O telefone toca e do outro lado da linha está um amigo que tem pinta de roqueiro, usa anel de roqueiro, é irmão de roqueiro e dança rock até com a cachorra. Mas ele queria falar de carnaval, assunto que eu imaginava estar longe das preocupações dele. – Irmão, você consegue alguém que pode nos ajudar? A gente quer licença […]

A música abandonada

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Ninguém me tira da cabeça que Renato Vivacqua desistiu de escrever sobre música brasileira, principalmente sobre marchinhas de carnaval, só para não ter que comentar o que achava de Jenifer, Dalila, Juliana e outras mulheres – temas carnavalescos recentes – que tomaram o lugar das mulatas, loirinhas e outras musas sem nome, mas com graça, de ontem. Vivacqua é um […]

O resultado da folia

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Como esse negócio de carnaval em março é meio estranho, a folia já começou. A data é definida a partir do equinócio da primavera do hemisfério norte, embora moremos do lado de baixo do Equador. O domingo de Páscoa cai no primeiro domingo depois da lua cheia que se segue ao equinócio e é o que, sete semanas antes, define […]

Crise de identidade

Publicado em Deixe um comentárioCrônica

Agora todo dia é dia de malhar o Judas. Antigamente confinada ao sábado de Aleluia, a tradição católica de descer a lenha e queimar o tal Iscariotis – e que, aliás, vai contra toda a concepção cristã de perdão amplo e irrestrito – agora acontece a cada minuto nas chamadas redes sociais, que revelam sua face menos sociável e mais […]