Fundase divulga comissão organizadora para novo concurso público

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Do CorreioWeb – Foi divulgada, no Diário Oficial do estado do Rio Grande do Norte, a comissão organizadora responsável pela organização e realização do novo concurso público da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase). Estarão presentes na comissão: Maria das Graças de Araújo, Tereza Cristina Morais dos Reis, Marize Ribeiro Tavares Lira, João Aprígio de Azevedo Neto e Washington Carlos de Lima.

De acordo com o órgão ainda não há previsão para publicação do edital ou outras informações a respeito do concurso.

 

Outras oportunidades no NE

O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Pernambuco (Core/PE) está com as inscrições abertas do processo seletivo que visa contratação de profissionais de nível médio e superior. São 37 vagas, sendo oito para contrato imediato e 29 para formação de cadastro reserva.

Os interessados podem optar entre os cargos de auxiliar administrativo, fiscal, assistente jurídico e contador. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais para receber salários variando entre R$ 1.879,12 a R$ 5.100,47, a depender do cargo.

As inscrições devem ser realizadas até 14 de janeiro. As taxas a serem pagas custam R$ 15 para nível médio e R$ 16 para superior. A seleção para todos os candidatos será realizada por prova objetiva, com disciplinas de língua portuguesa, informática e conhecimentos específicos, além de questões de raciocínio lógico para nível médio. Para candidatos de nível superior haverá redação e se aprovados, serão submetidos à avaliação de títulos. A lotação será para a cidade de Pernambuco. Confira aqui mais informações sobre o concurso 

Justiça suspende concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

A 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal mandou suspender o concurso público aberto pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte, com 1.000 oportunidades para praças. O edital estaria em desacordo com a Lei Complementar 613, de 3 de janeiro deste ano, que exige nível superior para o cargo em aberto e o concurso não prevê avaliação psicológica, etapa que deveria ser atendida de acordo com a nova legislação. Assim, o juiz Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho determinou a republicação do edital.

 

De acordo com o governo, A Procuradoria Geral do Estado segue analisando a viabilidade de recorrer ou atender a liminar. O prazo para o Governo se posicionar é de dez dias. Em caso de recorrer, a Comissão Especial do Concurso Público aguardará o julgamento do recurso. Se a deliberação for para acatar a decisão, o edital será ajustado e republicado posteriormente. Nesse caso, a empresa responsável por organizar o certame deve abrir um procedimento para devolver o dinheiro aos candidatos que já haviam efetuado o pagamento da inscrição.

A seleção

O concurso foi lançado em 16 de janeiro deste ano. Do total de chances, 938 eram destinadas ao sexo masculino e 62 ao sexo feminino. A abertura do concurso aconteceu poucos dias após policiais e bombeiros do estado anunciarem que voltariam ao trabalho depois de se recusarem a sair às ruas devido a más condições de trabalho. O Rio Grande do Norte chegou a decretar estado de calamidade na segurança pública.

 

As vagas são de nível médio. Para concorrer, é necessário também ter, no mínimo, 1,65 m de altura (sexo masculino) e 1,60m (sexo feminino). Além isso é preciso ter 19 anos de idade e no máximo 30, completos até 31 de dezembro de 2018. O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo ( Ibade) é responsável pela organização do certame.

 

Durante o curso de formação, o aluno-soldado receberá uma bolsa de estudo de remuneração mensal no valor de R$ 954. Após o ingresso, o salário passa a ser R$ 2.904.

Sesap/RN anuncia novo concurso com mais de 400 vagas

Publicado em Deixe um comentárioSaúde

Do CorreioWeb – A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap/RN) anunciou a realização de um novo concurso público para provimento de 404 cargos integrantes do quadro de pessoal efetivo. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi contratada para organizar o certame, mas ainda não há uma previsão de publicação do edital.

 

As chances serão para médicos (176), enfermeiros (60), assistente social (1), engenheiro de segurança do trabalho (1), farmacêutico (1), farmacêutico químico (1), fisioterapeutas (3), fonoaudiólogo (1), nutricionista (1), psicólogo (1), administradores (3), contadores (3), terapeuta ocupacional (1), técnico em radiologia (1), técnicos em enfermagem (155) e técnicos de biodiagnóstico (6).

 

O certame será válido por dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. A data estimada de homologação do resultado é 15 de junho do ano que vem.

 

Último concurso

Em 2010, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) organizou o último certame para a Sesap/RN. Foram oferecidas 2.450 vagas de níveis médio e superior, com remunerações que variaram de R$ 800 a R$ 3,2 mil. As provas objetivas foram aplicadas em  Natal, Caicó e Mossoró.

 

Graduados puderam concorrer para os cargos de anestesiologista, médico broncoscopista, cardiologista, cirurgião, clínico geral, endoscopista, geneticista, gineco-obstetra, pneumologista, psiquiatra, psiquiatra infantil, tomografista, médico do trabalho, ultrassonografista, urologista, biomédico, enfermeiro e farmacêutico, entre outros. Para nível médio, as chances foram para técnico em análises clínicas, necrotomista, técnico em enfermagem, técnico em hemoterapia e técnico em radiologia.

 

Os aprovados foram lotados nos municípios de Natal, Parnamirim, Macaíba, São José do Mipibu, Santo Antônio, Canguaretama, Mossoró, Apodi, Caraúbas, João Câmara, Caicó, Currais Novos, Acari, São Paulo do Potengi, Pau dos Ferros, Assu e Angicos.

TRT da 21ª Região escolhe banca para novo concurso público

Publicado em Deixe um comentárioTribunal do Trabalho

Do CorreioWeb – A Fundação Carlos Chagas (FCC) será a responsável pela organização do novo concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-21), de Natal/RN. A seleção será para provimento de cargos de analista (nível superior) e técnico (nível médio), ambos em diversas especialidades, além de formação de cadastro reserva. O salário base destes cargos varia de R$ 6.709 a R$ 11.007.

 

Segundo o portal de transparência, o TRT 21 apresenta um déficit de oito analistas e quatro técnicos. Mas, de acordo com levantamento do setor de recursos humanos do órgão, até 2018 são esperadas 121 aposentadorias, sendo que 68 estão programadas para até o final deste semestre.

 

Último concurso

Em 2010, o certame do TRT 21 foi organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Foram 53 vagas, sendo 5% reservadas para candidatos portadores de deficiência. Mais de 25 mil pessoas se inscreveram.

 

As oportunidades de nível superior foram para o cargo de analista na área judiciária (24), administrativa (2), execução de mandados (1), administrativa com especialidade em contabilidade (5), arquivologia (1), biblioteconomia (2), comunicação (1), engenharia elétrica (1), medicina na área cardiológica (1), odontologia (1) e tecnologia da informação (8). O salário inicial era de R$ 6.611,39.

 

Candidatos de nível médio puderam concorrer ao cargo de técnico judiciário nas áreas administrativa (4) e tecnologia da informação (2), com remuneração de R$ 4.052,96. A seleção contou com prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos para todos os cargos.

 

Veja também: O TRF da 1ª Região abriu concurso! Veja o edital e dicas para passar aqui

 

TRT do Ceará abre inscrições para níveis médio e superior

Servidor público que atirou em promotores de Justiça é demitido

Publicado em 2 ComentáriosConcursos

Do CorreioWeb – O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu pela penalidade de demissão ao técnico administrativo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), Guilherme Wanderley Lopes, que está preso por tempo indeterminado no Centro de Detenção Provisória (CDP) da Ribeira, em Natal/RN, por ter atirado em chefes do MP.

Segundo o processo, Guilherme teria invadido a reunião onde estavam o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, o procurador-geral de Justiça adjunto, Jovino Pereira, e o promotor de Justiça Wendell Ribeiro e acabou atingindo Jovino com duas balas no abdômen e Wendell com uma bala nas costas.

A decisão pela demissão do servidor ocorreu por unanimidade durante o julgamento do processo administrativo disciplinar (PAD), relatado pelo conselheiro Walter de Angra. Para ele, desferir tiros com arma de fogo contra superiores hierárquicos do MPRN configura incontinência pública e escandalosa, além de insubordinação grave em serviço.

Para o procurador-geral de Justiça do estado, Eudo Rodrigues, a decisão não poderia ter sido outra, reafirmando o valor da vida. “O ato praticado pelo ex-servidor foi bárbaro, criminoso e covarde, não podendo receber outra punição na seara administrativa que não a demissão”.

A defesa de Guilherme apresentou argumentos na tese da inimputabilidade do acusado, mas o laudo psiquiátrico afirmou a inteira capacidade do examinado, sem apresentar prejuízos em sua capacidade de entendimento e autodeterminação. Perícia realizada posteriormente demonstrou que Guilherme tinha a capacidade de entender o que estava fazendo no momento do crime.

Veja mais: 300 classificados doam sangue para agradecer convocação

Você sabe o que é a estabilidade no serviço público?

TRT/RN recebe autorização para realizar novo concurso público

Publicado em Deixe um comentárioTribunal do Trabalho, Tribunal Regional do Trabalho

Do CorreioWeb – O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-21, com jurisdição no Rio Grande do Norte) está próximo de realizar novo concurso público. Desembargadores do tribunal aprovaram na última semana a proposta para realização do novo certame. Segundo a assessoria de comunicação, o quadro de pessoal conta hoje com 674 cargos na capital e no interior do estado, e a previsão é de que, até o fim de 2018, com a aposentadoria de servidores, 121 destes cargos estejam vagos.

 

A expectativa é de que o edital seja divulgado para os cargos de analista judiciário (área administrativa e judiciária) e para técnico judiciário. O salário base destes cargos varia de R$ 6.709 a R$ 11.007.

 

O último concurso para analista e técnico do TRT/RN aconteceu em 2010, quando foram ofertadas 47 vagas para o cargo de ensino superior e seis para nível médio, ambos ainda com formação de cadastro reserva. A remuneração variava de R$ 4.052,96 a R$ 6.611,39, e 25.645 pessoas se inscreveram.

 

As vagas de analista eram para a área judiciária (24), administrativa (2), execução de mandados (1), contabilidade (5), arquivologia (1), biblioteconomia (2), comunicação (1), engenharia elétrica (1), medicina cardiologia (1), odontologia (1) e técnico da informação (1). Já para o cargo de técnico, as vagas eram para a área administrativa (4) e da tecnologia da informação (2).

 

TRT/SC abre vagas para técnico e analista

São três vagas de provimento imediato e formação de cadastro reserva, sendo uma para o cargo de técnico da área administrativa de nível médio e duas de nível superior, para o cargo de analista judiciário da área judiciária (com especialidade oficial de justiça avaliador federal) e analista judiciário sem especialidade, ambas para formados em direito. Os salários vão de R$ 6.376,41 a R$ 12.180,99.

 

Os interessados poderão se inscrever pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que é a empresa organizadora do certame, até as 18h do dia 25 de julho. A taxa é de R$ 90 para o cargo de técnico e R$ 110 para o de analista, e poderá ser paga até o dia 26 deste mês.

Novo concurso para os Bombeiros do Rio Grande do Norte deve abrir 50 vagas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos Públicos

Um novo concurso com 50 chances para o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte está prestes a ser lançado. As oportunidades serão para candidatos de nível médio, nos cargos de soldado (42) e oficial (8). Os salários devem variar entre de R$ 2.904 e R$ 7.986, respectivamente. A assessoria da Secretaria de Segurança Pública do estado informou que o edital deve ser publicado até junho deste ano.

 

Apesar de a autorização do processo seletivo ainda depender da atualização de trâmites orçamentários, a empresa organizadora da seleção já foi escolhida, será a Idecan. O concurso estava previsto para 2014, mas em razão da mudança de gestão do poder Executivo do estado, este e os demais concursos locais ficaram paralisados.

 

Ainda segundo a assessoria, o Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte está autorizando somente concursos para reposição de vacâncias.

 

A última seleção foi realizada há dez anos, em 2006, e disponibilizou 70 vagas para o cargo de soldado do quadro de praças. A organização da seleção foi de responsabilidade da Consultec. Dentre as fases, houve prova objetiva, exames de saúde, exames de avaliação de condicionamento físico e o curso de formação de soldados, com a duração de seis meses.