Delegado-geral altera regulamento de concursos públicos da PCDF

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta quarta-feira (13/5), trouxe uma nova portaria, assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil local (PCDF), Robson Cândido da Silva, alterando o regulamento dos concursos públicos para o provimento de cargos de agente de polícia, agente policial de custódia, escrivão de polícia, papiloscopista policial, perito criminal e perito médico-legista.

CNH

Agora, para concorrer aos postos, é preciso possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria B ou superior em plena validade.

 

Vagas para negros

Ficam reservadas aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos. Poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na hipótese de constatação de declaração falsa, o candidato será eliminado do concurso.

Os candidatos negros aprovados dentro do número de vagas oferecido para ampla concorrência não serão computados para efeito do preenchimento das vagas reservadas. Em caso de desistência de candidato negro aprovado em vaga reservada, a vaga será preenchida pelo candidato negro posteriormente classificado.

A nomeação dos candidatos aprovados respeitará os critérios de alternância e proporcionalidade, que consideram a relação entre o número de vagas total e o número de vagas reservadas a candidatos com deficiência e a candidatos negros.

 

Provas para deficientes e mulheres que amamentam

Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude de afastamento de candidato da sala de prova, salvo para os candidatos com deficiência que necessitarem de tempo adicional e para as candidatas mães que, fizerem uso do direito de amamentarem seus filhos de até seis meses de idade.

A prova da idade da criança será feita mediante declaração no ato de inscrição para o concurso e apresentação da respectiva certidão de nascimento durante sua realização. Deferida a solicitação, a mãe deverá, no dia da prova ou da etapa avaliatória, indicar uma pessoa acompanhante que será a responsável pela guarda da criança durante o período necessário.

A mãe terá o direito de proceder à amamentação a cada intervalo de duas horas, por até 30 minutos, por filho. Durante o período de amamentação, a mãe será acompanhada por fiscal, preferencialmente do sexo feminino. O tempo despendido na amamentação será compensado durante a realização da prova, em igual período.

A gravidez não dispensa a realização da prova física, que deve ser realizada no prazo máximo de 120 (cento e vinte) dias, após o parto ou o fim do período gestacional, sem prejuízo da participação nas demais fases do concurso.

Leia também -> 1.800 vagas para agentes: PCDF publica contrato com banca de concurso no Diário Oficial

Diretor-geral da PCDF faz live para explicar andamento de concursos para escrivão e agente

TAF

A prova de capacidade física, regulamentada por edital, consistirá nos seguintes testes:

  • teste de corrida de 12 minutos;
  • teste de barra fixa;III – teste de flexão abdominal;
  • teste de meio-sugado, exigido a critério da Escola Superior da PCDF;
  • teste de natação, exigido a critério da Escola Superior da Polícia Civil do Distrito Federal;
  • corrida de ir e vir (Shuttle Run), exigido a critério da Escola Superior da PCDF.

Veja a portaria em sua íntegra aqui.

1.800 vagas para agentes: PCDF publica contrato com banca de concurso no Diário Oficial

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Distrito Federal, DODF, GDF

Saiu no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta sexta-feira (8/5), o extrato do contrato firmado entre a Polícia Civil (PCDF) e o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Segundo a publicação, o contrato tem por objeto a contratação de empresa especializada na prestação de serviços técnicos de organização e realização de concurso público, para o provimento de 600 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva de duas vezes o número de vagas para o cargo de agente de polícia.

O contrato foi assinado há dois dias e divulgado em uma live transmitida no perfil oficial do Instagram da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Na transmissão, Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da corporação, afirmou que a PCDF e o Cebraspe agora têm um prazo de aproximadamente 30 dias para que o edital de abertura fique pronto para publicação. Depois disso, serão 90 dias para a aplicação da primeira prova, ou seja, em meados de setembro. Saiba mais aqui.

Segundo o extrato de contrato, a cobertura dos custos com a realização do concurso, bem como do Curso de Formação Profissional, será feita mediante captação integral das taxas a serem cobradas dos candidatos no momento da inscrição, sem qualquer tipo de ônus para a PCDF. O contrato terá vigência de 48 meses.

 

 

Compartilhe a notícia no FórumCW!

PCDF assina contrato com banca; edital com 1.800 vagas para agentes deve sair em junho

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Carreira policial, Distrito Federal, GDF

Em uma live transmitida no perfil oficial do Instagram da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o diretor-geral da corporação, delegado Robson Cândido, divulgou que o contrato com a banca Cebraspe foi assinado. O objetivo é a abertura do novo concurso público para agente de polícia, que ofertará 1.800 vagas.

Na transmissão, Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da corporação, afirmou que a PCDF e o Cebraspe agora têm um prazo de aproximadamente 30 dias para que o edital de abertura fique pronto para publicação. Depois disso, serão 90 dias para a aplicação da primeira prova, ou seja, em meados de setembro.

As autoridades disseram que ainda não há data para as provas do concurso já lançado para escrivão, que oferta 300 vagas. Saiba mais.

Diretor-geral da PCDF faz live para explicar andamento de concursos para escrivão e agente

Publicado em Deixe um comentárioCarreira policial, Distrito Federal, GDF

Nesta quarta-feira (29/4), o diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), delegado Robson Cândido, usou seu perfil pessoal no Instagram para comunicar aos candidatos dos concursos públicos de escrivão e de agente da corporação sobre o andamento dos certames.

Segundo o delegado – que estava ao lado Silverio Andrade, diretor de Administração-Geral da PCDF e responsável pela execução financeira e orçamentária da corporação, além de ser responsável pelos contratos com as bancas que realizam seus concursos públicos – o concurso para escrivão continuará assim que a pandemia de coronavírus for controlada.

Com relação ao concurso de agente, foi informado que o processo voltou da Procuradoria sem muitos reparos. A coisa tá pronta para efetivar a contratação com a banca, estamos trabalhando na minuta contratual, possivelmente na semana que vem estaremos aptos a firmar o contrato.”

Cabe agora ao Cebraspe receber a minuta, analisar o contrato e devolver para a assinatura. “Na semana que vem, se Deus quiser, estaremos assinando esse contrato para a execução do concurso público. Espero que todos estejam estudando, e que o mais breve possível estaremos com vocês aqui na nossa PCDF,” finalizou Cândido.

Já Andrade terminou dizendo que depois da assinatura, será elaborado o edital do concurso e após 90 dias da publicação do edital a prova será aplicada. Veja o vídeo completo aqui.

Clique aqui para saber mais sobre o concurso de escrivão e aqui para o concurso de agente.

 

Autorização do concurso da PCDF sai no Diário Oficial; prazo limite para o edital é março de 2020

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Distrito Federal, Poder Executivo, segurança

Após muita expectativa, a autorização para realização do concurso público da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi finalmente publicada no Diário Oficial local (DODF)! O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse que tinha pressa em assinar o edital, na sessão solene que anunciou o concurso, nesta quinta-feira (5/9), e a autorização veio um dia depois.

Assim, serão 1.800 vagas para agentes de polícia, sendo 600 imediatas e 1.200 para formação de cadastro reserva. O prazo limite para publicação do edital de abertura é de 180 dias, o que corresponde a março de 2020. Mas a expectativa é de que o regulamento saia antes.

Leia também: Ibaneis tem pressa e diz que deve assinar edital da PCDF nos próximos dias