Defensoria Pública do DF definirá comissão organizadora para abrir novo concurso

Foto: DPDF/Divulgação
Publicado em 1 ComentárioDefensoria Pública, Distrito Federal

Do CorreioWeb – A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) realizou uma reunião extraordinária na manhã desta quinta-feira (28/6) com o objetivo de definir os membros que vão compor a comissão organizadora para o próximo concurso com vagas para defensor público de 2ª categoria. De acordo com o órgão há a possibilidade de que o edital seja publicado ainda este ano.

Porém, segundo a assessoria da DPDF, não houve deliberação do assunto hoje, mas em breve outra reunião será marcada para definir a comissão.*

Atualmente há sete vagas disponíveis para o cargo, que exige graduação em direito, registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, no mínimo, dois anos de prática jurídica. O salário inicial para defensor é de R$ 22.589,59.

O último concurso para a função foi iniciado em 11 de abril de 2013 e ofereceu três vagas imediatas e 60 para cadastro reserva. O concurso foi válido até 23 de abril de 2018 e nomeou 117 candidatos, ou seja, o dobro do previsto para o cadastro reserva.

Avaliações

Uma boa fonte e orientação nos estudos para o futuro certame é utilizar o conteúdo programático cobrado em 2013. Na época, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca organizadora que planejou e realizou as etapas de avaliação, composta de prova objetiva, discursiva, oral e avaliação de títulos.

A prova objetiva teve 200 questões de certo ou errado, em que uma questão respondida de forma incorreta anula uma certa, sobre os seguintes conteúdos: direito constitucional, administrativo, penal, processual penal, civil, empresarial, processual civil, do consumidor, difusos e coletivos, da criança e do adolescente, humanos, tributário, previdenciário, e organização e princípios institucionais da Defensoria Pública e da Defensoria Pública do Distrito Federal.

Os candidatos considerados aprovados na prova objetiva foram convocados para a realização da prova discursiva que consistia na redação de duas peças e em oito questões discursivas. Já a prova oral teve três questionamentos. Acesse o edital aqui!

 

*Matéria atualizada às 15h54.

Defensoria Pública do Paraná deve lançar concurso este ano

Foto: Reprodução/Sindypsipr
Publicado em 1 ComentárioConcursos Públicos, Defensoria Pública

Os concurseiros paranaenses terão um novo desafio pela frente. A Defensoria Pública do Paraná planeja a abertura de um novo concurso nos próximos meses. De acordo com a assessoria de comunicação do órgão, a seleção será para provimento dos cargos de administrador, analista de informática, contador, economista, engenheiro, estatístico, técnico em recursos humanos, técnico em informática e técnico em rede de computadores.

 

A remuneração oferecida será de R$ 1.286,29 a R$ 3.087,09, com adicional de auxílio transporte e alimentação. A avaliação será por meio de prova objetiva, prova de redação e prova de títulos. As provas devem ser aplicadas na capital, Curitiba.

 

O último concurso do órgão para servidores foi realizado em 2012, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Foram registradas 13.059 inscrições a 528 vagas, que foram distribuídas para os níveis médio e superior nas áreas de administração, assessoria jurídica, contabilidade, economia, engenharia, estatística, informática, jornalismo, medicina clínica, psicologia, psiquiatria, secretariado executivo, serviço social, sociologia e técnico administrativo. Houve apenas prova objetiva. E as remunerações oferecidas variaram de R$ 1.050,68 a R$ 2.521,63.