Bolsonaro conhecerá proposta da reforma administrativa nesta terça-feira

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma administrativa está sendo finalizada e deve ser enviada ainda esta semana ao Congresso Nacional. Presidente disse que conhecerá proposta nesta terça-feira (18).

“Estamos na iminência de mandar a reforma administrativa, não vai atingir os já servidores, não vai ser mexido nada no tocante a eles. Quero falar que está ultimando, sempre tem um pequeno acerto a mais para fazer. Amanhã, a previsão, à tarde, é que eu [devo] ser apresentado à nova proposta. Espero que essa semana nasça essa criança aí, que está demorando muito para nascer”, disse ao chegar de volta ao Palácio do Alvorada, residência oficial.

Pela manhã, o presidente havia dito que a reforma administrativa está “madura” para ser apresentada e negou que o governo decidiu paralisar concursos públicos, mas que só manterá os essenciais até a aprovação da reforma. O projeto deve acabar com a estabilidade automática para futuros servidores públicos.

A ideia seria definir um tempo para atingir a estabilidade, de acordo com cada carreira e com uma avaliação de desempenho. Além disso, outro objetivo da medida seria reduzir o número de carreiras de cerca de 300 para algo em torno de 20 e que os salários para quem entrar na carreira pública passem a ser menores do que são atualmente.

Algumas categorias, segundo o presidente, manterão a estabilidade e outras prerrogativas vigentes atualmente, mas que caberá ao Parlamento definir quais serão os segmentos a serem contemplados. “Vamos ter algumas [categorias], que serão propostar por nós, e depois o legislativo pode alterar e propor outras. Grande parte, quem faz a reforma, como sempre foi, a palavra final é do Legislativo, ainda mais PEC, ele dicidem, eles promulgam”, disse.

Secretaria de Cultura do DF define comissão do novo concurso

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, DODF

Victória Olímpio * – A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec/DF) tornou pública a comissão organizadora que será responsável pela realização do novo concurso público! A comissão será responsável por analisar as especialidades e cargos da Carreira de Atividades Culturais, visando à formulação de pedido de realização do certame.

 

 

De acordo com a assessoria, a portaria constitui um grupo de trabalho para atualizar especialidades que foram extintas, como costureiras, iluminadores, artífices (Teatro Nacional), lanterninha (Cine Brasília) e outros.

“Esse grupo, composto de três servidores, tem 90 dias, prorrogáveis, para fazer esse levantamento. Só a partir dele é que serão definidas quais especialidades e o número de vagas necessárias”.

Último concurso

Em 2014 a Secretaria realizou o último concurso, organizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). A oferta foi de 100 vagas e remunerações variando entre R$ 4.160 e R$ 5.999,99. A seleção foi realizada por prova objetiva (para todos os cargos), prova discursiva (para analista de atividades culturais) e avaliação de títulos (para analista de atividades culturais).

As chances foram para analista de atividades culturais nas especialidades de administração, arquivologia, artes cênicas, artes plásticas, biblioteconomia, comunicação social – jornalismo, conservação e restauro, contabilidade, direito e legislação, estatística, história, letras, museologia e pedagogia. Também houve vagas para técnico de atividades culturais – agente administrativo, técnico em – conservação e restauro e contabilidade.

Evento explica como a alimentação influencia nos estudos para concursos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Victória Olímpio * – Dedicação, sem dúvida, é a palavra chave para garantir a tão sonhada aprovação em um concurso público. Mas para obter um bom resultado e alcançar as metas, os concurseiros devem se atentar a outros fatores além dos estudos que podem impactar no desempenho não só no dia a dia, como também na hora da prova, e um deles é a alimentação saudável.

Muitas vezes a trajetória de estudos pode levar meses e até anos e é comum encontrar estudantes que negligenciam os horários e a qualidade da alimentação e isso pode influenciar na performance dos estudos. Para orientar e mostrar a importância da boa alimentação nesse processo, Gran Cursos Online organizou um evento para trazer informações sobre nutrição associada a diversos fatores que influenciam os estudos – disposição, concentração, ansiedade e resistência.

Para participar não é necessário ser aluno do cursinho! O evento será transmitido no canal do Gran Cursos Online no YouTube, na próxima terça-feira (18/2), às 19h, horário de Brasília. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site www.grancursosonline.com.br.

A aula será conduzida pelo especialista em preparação para concursos públicos do Gran Cursos Online, Fernando Mesquita e pela nutricionista e especialista em Saúde Familiar, Carol Vasconcelos. Na ocasião, eles vão esclarecer como hábitos alimentares errôneos podem interferir negativamente no rendimento dos estudos, além de dar dicas de preparação para concursos públicos.

O que você achou da notícia? Comente no Fórum CW.

 

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

Exército vai abrir seleção com 1.100 vagas para Escola de Sargentos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Victória Olímpio * – Com a oferta de 1.100 vagas, o Exército Brasileiro tornou pública a autorização dos procedimentos para realização do novo concurso público para Escola de Sargentos de Armas (ESA)! Do total de vagas, 1.000 serão para área geral, 45 para área de música e 55 para área da saúde. Poderão participar da seleção candidatos de ambos os sexos.

Na área de música as chances são para as especialidades de Clarineta em MIB/Clarineta em SIB, Flauta em Dó/Flautim em Dó, Saxhorne Barítono em SIB/Saxhorne Baixo em SIB, Saxofone em MIB/Saxofone em SIB, Tímpanos, Bombo, Pratos, Tarol e Caixa Surda, Trombone Tenor em SIB (de vara)/Trombone Baixo em SIB (de vara), Trompa em Fá, Trompete em MIB/SIB – Cornetim em SIB /Flueglhorne em SIB e Tuba em MIB/Tuba em SIB.

As inscrições poderão ser realizadas pelo site concurso.esa.eb.mil.br no período de 19 de fevereiro a 18 de março. A taxa de inscrição a ser paga é de R$ 95. Para participar é preciso ter nível médio completo e possuir idade de no mínimo 17 e no máximo 26 anos de idade.

A seleção será composta por:

  • Exame intelectual (EI)
  • Valoração de títulos
  • Exame de habilitação musical (EHM)
  • Inspeção de saúde (IS)
  • Exame de aptidão física preliminar (EAFP)

Também haverá revisão médica, exame de aptidão física definitivo (EAFD), comprovação dos requisitos biográficos do(a)s candidato(a)s e comprovação através da heteroidentificação.

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

Concurso TCDF: especialista comenta novo edital e dá dicas para a seleção de auditores

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, Tribunal de contas

Victória Olímpio * – Para animar essa sexta-feira (14/2) dos concurseiros, o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) publicou o edital do concurso público que oferta 10 vagas para auditor de controle externo! O certame terá remuneração inicial de R$ 16.673,35 e já cria expectativa entre os estudantes interessados.

De acordo com Anderson Ferreira, professor e coordenador das carreiras fiscais do Gran Cursos Online, apesar do concurso ser para candidatos que possuam nível superior em qualquer área, a concorrência pode não ser tão grande visto que a quantidade de disciplinas é grande e são específicas para a área de controle.

“É provável que participe só quem é atraído a fazer esse tipo de concurso e quem já está estudando para essas áreas. A quantidade de pessoas que estão estudando para outras áreas e vem fazer a área de controle é muito baixa.  Mas entre quem concorre, o concurso terá um alto nível de disputa, considerando que a banca tradicionalmente prioriza quem realmente conhece do conteúdo, já que ela penaliza o chute”, explica.

Sobre o tempo até as provas, Anderson aponta que o período pode parecer longo, mas não é, visto que serão cobradas 16 disciplinas, além da prova discursiva no período contrário a prova objetiva. “Não é muito tempo, é um tempo razoável para que o aluno se dedique na resolução de questões e no treinamento para a prova discursiva. Para os candidatos que já estavam estudando e se baseando no último concurso realizado em 2013 não houve muitas surpresas, pois foram poucas disciplinas diferentes”, diz.

Como dica, o professor sugere que os candidatos deem uma atenção especial para a parte dos conhecimentos específicos, pois é onde está concentrado o maior número de questões na prova e por ser o conteúdo objeto da prova discursiva.

Leia também: Saiba o que vai cair no concurso para auditor do Tribunal de Contas do DF

Sobre o concurso

Serão ofertadas 10 vagas de provimento imediato além de formação de cadastro de reserva para o cargo de auditor de controle externo. A remuneração é de de R$ 16.673,35. Para se candidatar é necessário ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de formação! Os interessados poderão se inscrever de 8 a 27 de abril, mediante taxa de pagamento de R$ 140. Saiba mais!

Leia também: Concurso TCDF: confira dicas de estudos após definição da banca

DPE de Rondônia define banca organizadora do concurso para analistas

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Defensoria Pública

Victória Olímpio * – A Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE/RO) tornou pública a definição da banca organizadora do novo concurso público! O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca contratada que será responsável pela organização e realização do certame.

A publicação foi feita no Diário Oficial da DPE. De acordo com a assessoria, ainda não a previsão de quantas vagas serão ofertadas ou data para publicação do edital.

 

 

Em agosto de 2019 a Defensoria foi autorizada a realizar o concurso e definiu a comissão organizadora. O número de vagas ainda não foi definido, mas os candidatos poderão optar entre os cargos de analista – jurídico, de jornalismo, de assistência social, de psicologia, de publicidade e de redação. Foi confirmado que os candidatos serão avaliados por prova objetiva e discursiva.

Para os candidatos com deficiência ficarão reservadas 10% do total de vagas existentes e das que vierem a existir, por cargo, dentro do prazo de validade do concurso público. Para candidatos negros ficarão reservadas 20% das vagas, no mesmo critério. O concurso público terá validade de dois anos.

O que você achou da notícia? Comente no Fórum CW.

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

Projeto de lei prevê isenção de taxa de concursos para profissionais da segurança pública

Publicado em Deixe um comentárioConcursos

Victória Olímpio * – Um projeto de Lei (PL nº 1892/2020) foi publicado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e prevê a isenção do pagamento de taxa de inscrição, nos processos de seleção para os cargos ligados à Secretaria de Estado de Polícia Militar, de Polícia Civil, de Administração Penitenciária e de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro:

  • aos candidatos que comprovarem que já compõem a administração estadual nas Secretarias mencionadas; e
  • aos candidatos que comprovarem a condição de reservistas das Forças Armadas do Estado do Rio de Janeiro.

Para reservistas, o benefício será aplicado somente nos cinco anos subsequentes ao fim do serviço militar obrigatório. Os editais dos próximos concursos públicos deverão informar sobre a isenção, não estando válido para concursos anteriores.

O projeto de lei é do deputado Rodrigo Amorim, que aponta como objetivo estimular os indivíduos que já possuam treinamento, capacitação e experiência na área de segurança pública a continuar contribuindo para a segurança pública do Estado em outros cargos. Foi apontado que dessa maneira, aquele que já é servidor público da área de segurança pública possa prestar novos certames também vinculados à área de segurança pública, sem a necessidade de pagamento de taxa de inscrição, assim como traz a mesma permissão ao reservista das Forças Armadas.

Justificativa

Para servidores públicos permitirá o alcance em outros cargos dentro da própria instituição ou fora dela. “Como exemplos dentro da mesma instituição, o inspetor de polícia poderia ter isenção de taxa de inscrição para o concurso de delegado de polícia ou o praça da PMERJ poderia ter o mesmo benefício ao prestar um certame para oficial da PMERJ. O mesmo benefício se aplicaria caso o indivíduo desejasse fazer parte de outra instituição na área de segurança pública. A proposta serviria de incentivo a tais servidores”.

De acordo com a publicação, no caso do reservista das forças armadas, o benefício se aplicaria até 05 (cinco) anos após o fim do serviço militar obrigatório. Este seria um estímulo para os reservistas se dedicarem aos estudos e continuarem servindo a sociedade por meio do serviço público, uma vez que muitos jovens, após a baixa, permanecem longos períodos desempregados e em razão da experiência na área de segurança pública que possuem, muitas vezes são cooptados pelo tráfico de drogas.

 

O que você achou da notícia? Comente no Fórum CW.

 

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

* Com informações de Alerj

Marinha vai realizar concurso para submarinista com salários de até R$ 5,4 mil

Publicado em Deixe um comentárioautorização, Concursos, Concursos Públicos

Victória Olímpio * – A Marinha do Brasil vai realizar um novo concurso público que visa Ingresso no Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA) da Marinha do Brasil (MB). O edital do certame é para submarinista e está previsto para ser lançado em 13 de maio. Poderão participar brasileiros natos ou naturalizados, candidatos do sexo masculino, com idade entre 18 e menos de 25 anos no dia 1º de janeiro de 2021 e ensino médio técnico em eletroeletrônica e mecânica.

Após o Curso de Formação, os militares ocuparão o posto de Terceiro-Sargento, com rendimentos de R$ 5.431,50, sendo o soldo de R$ 3.825, adicional militar de R$ 612, adicional habilitação de R$ 765 e adicional de disponibilidade de R$ 229,50.

Curso

No Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), no do Rio de Janeiro, os aprovados passarão pela Formação Militar Naval e Compatibilização Técnica para a Especialização. Ao final, ocuparão a graduação de Terceiro-Sargento. Os aprovados serão matriculados no Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças, com duração de cerca de 24 semanas, no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA). Após isso, serão submarinistas.

Inscrição e fases

A previsão é de que as inscrições sejam realizadas pelo site www.ingressonamarinha.mar.mil.br de 1º de junho a 6 de julho ou no Posto de Atendimento ao Candidato, das 8h30 às 16h. A seleção será realizada por prova objetiva de conhecimentos profissionais para cada área técnica e uma redação. Após aprovados, passarão haverá Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física, Avaliação Psicológica, Verificação de Documentos e Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração.

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

Conhecimentos em Libras poderá render pontos em concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos

Victória Olímpio * – Um projeto de Lei (PL 6.036/2019) foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) e busca criar estímulo para o desenvolvimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras). O projeto é de autoria do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), e determina que os candidatos que tiverem “conhecimento comprovado” em Libras ganharão pontos extras em concursos públicos da administração pública federal em que houver prova de títulos.

Foi determinado também que o conhecimento comprovado em libras deverá ser pontuado “no mínimo, com a mesma pontuação dos cursos de especialização ou mestrado”. O senador justifica que “esta proposição tem por escopo valorizar a linguagem de sinais e estimular a sociedade a participar de maneira mais efetiva no processo de integração social das pessoas com deficiência auditiva”.

O PL 6.036/2019 segue agora para votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O texto foi aprovado com voto favorável do relator, o senador Romário (Podemos-RJ).

“No que diz respeito ao mérito, não podemos senão louvar a ideia do autor, tão simples quanto engenhosa. Atuando sobre interesses legítimos dos cidadãos, o autor cria um dispositivo que logra dois objetivos ao mesmo tempo: incita o interesse pelo aprendizado de Libras na sociedade em geral e traz para dentro do Estado pessoas com formação nessa língua. E tudo isso sem um centavo de custo adicional para os orçamentos públicos – e com dinamização da sociedade civil”, elogia Romário em seu relatório.

O que você achou da notícia? Comente no Fórum CW.

* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende
* Com informações de Agência Senado

Concurso TRF-1: órgão se movimenta para definir comissão organizadora

Publicado em Deixe um comentárioConcursos, Concursos Públicos, Distrito Federal, DOU, Tribunal regional federal

Victória Olímpio * – Com sede em Brasília, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) tornou público no Diário Oficial da União (DOU) um comunicado que encontra-se aberta uma vaga de juiz federal para compor a comissão organizadora do XVII concurso público, que irá ofertar vagas para provimento de cargo de juiz federal substituto. Poderão participar integrantes da Primeira Região, com mais 10 anos de magistratura federal.

De acordo com a publicação, os interessados poderão se inscrever no prazo de cinco dias, por meio de manifestação no PAe 0003559-55.2020.4.01.8000, cujo acesso será concedido pela Assessoria de Assuntos da Magistratura, mediante solicitação.

 

Em março de 2019, o Conselho de Administração do Tribunal autorizou a abertura do novo concurso e na ocasião, a ordem da administração foi de que as inscrições teriam início em janeiro deste ano e que as provas também seriam realizadas neste ano. Ainda não há previsão para contratação da banca organizadora.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília, tem sob sua jurisdição o Distrito Federal e os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Último concurso

Em 2015 foi realizado o último concurso do TRF-1 para o cargo de juiz federal substituto, que ofertou 228 vagas e remuneração inicial de R$ 23.997,19. O concurso foi realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

A seleção foi realizada por inscrição preliminar, prova escrita objetiva e discursiva, inscrição definitiva – sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos. O certame teve validade de dois anos. Foram 107 aprovados. Saiba mais na página do concurso aqui.