Enquete: Estabilidade é o que mais atrai em concursos públicos

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria


Queridos concurseiros,

o resultado da nossa última enquete já está disponível! Desta vez, a pergunta era: “o que mais te atrai em concursos públicos? Ao todo, 1.343 pessoas votaram. A vantagem da ‘estabilidade’ foi a preferida pelos participantes: 62,32% dos leitores escolheram esta opção. O salário oferecido pelos cargos públicos veio logo atrás, conquistando 25,09% dos votos. Por último, veio a carreira, com apenas 12,58%.

Confira abaixo o ranking das votações:

Carreira       12.58% 169 votos Estabilidade       62.32% 837 votos Salário       25.09% 337 votos   Total de votos: 1343

Ministério Público do RN entra na Justiça para conseguir vagas reservadas a PNE no concurso da Polícia Federal

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Geralmente, concursos para a área policial não costumam reservar vagas para deficientes. Os editais das seleções para Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, por exemplo, não incluem chances para portadores de necessidades especiais (PNE). As corporações dizem que, como as funções policiais exigem muito esforço físico, seria impossível a inclusão de PNEs.


Por causa disso, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPF/RN) ajuizou, nesta sexta-feira (14/8), junto à Justiça Federal, uma ação civil pública contra a União para garantir a reserva de 5% das vagas no concurso da Polícia Federal e em todos os outros concursos da área policial. A ação foi encaminhada em caráter de urgência, já que as inscrições se encerram na terça-feira (18/8).

O documento defende que muitas atividades desenvolvidas pela polícia têm caráter intelectual, interno e administrativo. Afinal, casos como investigações de crimes praticados através da internet, crimes financeiros e também os famosos “crimes de colarinho branco” não exigem força física.


“A lei é clara e inequívoca. A proteção legal dada aos portadores de deficiência é explicita e se baseia na garantia da inclusão social e do tratamento isonômico que deve ser dado a esse grupo de pessoas”, justifica Caroline Maciel da Costa, procuradora regional dos Direitos do Cidadão do Rio Grande do Norte.


O que você pensa sobre este assunto? Deixe sua opinião, nós queremos saber!

Cespe/UnB se prepara contra gripe suína em dias de provas

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

O medo da gripe suína chegou ao mundo dos concursos. Uma das maiores empresas organizadoras de seleções públicas decidiu adotar medidas preventivas para evitar o contágio de gripe suína em dias de aplicação de provas.

O Cespe/UnB informou que vai colocar sabão líquido e papel toalha em todos os banheiros. Além disso, haverá um médico de plantão para o caso de uma emergência. Também está prevista a redução do número de candidatos por sala. Mulheres grávidas vão ficar em salas reservadas. Mas, para isso, as gestantes devem fazer um pedido da Central de Atendimento do órgão. De acordo com o Cespe, por enquanto, nenhuma prova será adiada.

 “Entendemos que nesse momento é importante tomar todas as providências e somar esforços na prevenção, mas sem criar um ambiente de alarmismo”, explica o diretor-geral da instituição, Joaquim José Soares Neto.

Outras organizadoras não responderam à nossa equipe. A assessoria de imprensa da Funrio não nos atendeu. Já a Esaf e Fundação Universa nos disseram que só responderão essas questões por e-mail. Estamos aguardando a resposta!

E você, concurseiro? Está preocupado com a gripe suína? Queremos saber quais os cuidados que você vai tomar antes e durante a prova. Comente!

Funrio divulga data de prova para concurso da PRF

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Os concurseiros que vão participar da seleção para a Polícia Rodoviária Federal já podem se organizar. A primeira prova do concurso foi marcada para o dia 18 de outubro. As informações estão disponíveis no site da Funrio, organizadora do processo seletivo. Aliás, a Funrio avisa também que o requerimento de isenção da taxa de inscrição e o cronograma do concurso serão divulgados em breve. É que o edital de abertura, publicado ontem (13/8), não trazia essas informações.

Apressem-se, candidatos! Vocês têm pouco mais de dois meses para se preparar! A equipe do blog e do CorreioWeb deseja boa sorte a todos os concorrentes. 

Consultoria jurídica: diploma de tecnólogo é aceito em concursos que exigem nível superior?

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

A questão dos cursos tecnólogicos ainda confunde a cabeça de muita gente. Afinal, quem possui o diploma de um curso com menor duração – que geralmente varia de 2 a 3 anos – pode se inscrever em seleções públicas que exigem formação de nível superior? O nosso consultor jurídico, o procurador da Fazenda Nacional Leandro Felipe Bueno Tierno, responde à pergunta:


Os cursos tecnológicos, apesar de não se tratarem de cursos de bacharelado, são cursos superiores de curta duração com enfoque nos processos específicos de cada área profissional. Como vai direto ao ponto, o curso é mais rápido durando em média 2 anos e deixando o aluno mais rapidamente preparado para o mercado de trabalho, em contraposição aos cursos superiores tradicionais de 4 ou 5 anos. Estes cursos    dão direito a um diploma de graduação e permitem a continuidade dos estudos em nível de Bacharelado (graduação de quatro anos ou mais) e o parecer CNE/CES 436/2001, aprovado em 02/04/2001, estabelece suas normas dos Cursos Superiores de Tecnologia e Formação de Tecnólogos.

Partindo de tais premissas, se o edital fizer menção apenas à exigência de curso superior, entendo que a pessoa poderá participar do certame. É importante também analisar a legislação que criou o cargo público para ver os requisitos para a posse. Por outro lado, havendo empecilhos criados injustificadamente pela banca examinadora, o caso seria de se ajuizar ação, buscando demonstrar o abuso e ilegalidade.

Nova enquete: o que mais te atrai em um concurso público?

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Há quem estude para concursos públicos a fim de seguir a carreira dos sonhos: ser procurador, diplomata, analista de finanças, entre outros. Outros querem mesmo é se livrar da incerteza das empresas privadas, que ano a ano demitem funcionários em massa. Existem ainda aqueles que olham, em primeiro lugar, o número das cifras indicadas em um edital. Nós queremos saber: o que mais te atrai em um concurso público? Carreira, estabilidade ou o salário? Participe de nossa nova enquete!

MPOG autoriza vagas para CVM e Ministério das Comunicações; PRF divulga edital; TRT de SP abre vagas para juiz

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Hoje o dia começou bem para os concurseiros! O Diário Oficial da União desta quinta-feira (13/8) trouxe ótimas notícias: edital da Polícia Rodoviária Federal, duas autorizações do Planejamento para provimento de novas vagas e abertura de seleção para juiz no TRT de São Paulo. Veja só:


Polícia Rodoviária Federal
Mesmo com um dia de atraso, saiu o edital do concurso para a Polícia Rodoviária Federal (PRF). São 750 vagas de nível superior, no cargo de policial, para várias regiões do Brasil. A remuneração é de R$ 5.620,12. O período para inscrições já está aberto!

Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
O MPOG divulgou, através da Portaria 247, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (13/8),  a autorização para o provimento de vagas na CVM. Serão 45 cargos para nível superior. As funções são para agente executivo (21), analista (14) e inspetor (10). Os aprovados no último concurso do órgão devem ser convocados ainda no mês de agosto.

Ministério das Comunicações
Já a Portaria 248 autoriza nova seleção para o Ministério das Comunicações. Serão 170 oportunidades para níveis médio e superior, nas funções de: administrador (11), arquivista (10), bibliotecário (1), contador (11), economista (13), analista técnico-administrativo (57), psicólogo (2), técnico em comunicação social (5), agente administrativo (51) e técnico em contabilidade (9). O prazo para publicação do edital de abertura de três meses, a contar a partir desta quinta-feira (13/08).

Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo
Também há boas novas para os candidatos à magistratura! O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT da 2ª Região) divulgou o edital de abertura do concurso que vai selecionar três juízes substitutos. O salário é de R$ 19.955,40! Os interessados já podem se inscrever! O período para cadastro termina no dia 11 de setembro.

Quer saber mais sobre estes concursos? Acesso nosso site: www.concursos.correioweb.com.br

Tribunal de Contas do DF adia novamente decisão sobre concurso para soldado da PMDF

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Quem está curioso para saber o desfecho da novela sobre o concurso para soldado da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) terá que continuar esperando. O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), que decidiria sobre a continuidade ou não da seleção nesta quinta-feira (13/8), resolveu adiar a sessão mais uma vez.

De acordo com o TCDF, durante a manifestação da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal (Asof) e da Comissão dos Aprovados na última quinta-feira (06/8) em frente à sede do Tribunal, o presidente Paulo César de Ávila não afirmou que julgaria o caso nesta quinta-feira (13/8). Na situação, o juiz disse apenas que tentaria colocar o assunto na pauta desta semana, desde que a PMDF respondesse os questionamentos exigidos a tempo.

O TCDF quer saber por que a PMDF deu continuidade ao concurso mesmo diante da decisão do Tribunal de suspendê-lo. É que, em 23 de julho, quando a seleção já havia sido suspensa, a Polícia Militar divulgou os resultados das provas objetivas para soldado.

O TCDF disse à nossa equipe que, nesta segunda-feira (10/8), a  Polícia Militar do DF esclareceu as dúvidas levantadas pelo Tribunal. Mas as informações não chegaram a tempo para que o assunto fosse colocado na pauta desta semana. Por isso, a sessão desta quinta-feira, que decidiria sobre a continuidade ou não do concurso, foi novamente adiada. Desta vez, por tempo indeterminado.

Quer saber tudo sobre esta novela? Clique AQUI

Edital para agente da PRF deve sair até o fim do dia

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Aspirantes ao cargo de agente da Polícia Rodoviária Federal  (PRF) não precisam mais se preocupar. O edital da seleção que vai oferecer 750 oportunidades para a especialidade deve ser lançado ainda nesta quarta-feira (12/8), segundo informações passadas pelo órgão ao CorreioWeb.

O documento de abertura ainda não foi publicado no Diário Oficial da União, mas deve ser divulgado ainda hoje no site da Funrio – empresa que irá organizar a seleção. De acordo com a PRF, ainda não há previsão do horário em que o edital será colocado no ar.  

Se o documento não for publicado até hoje, o órgão poderá perder a autorização para realizar o concurso. Da última vez que conversamos com a PRF, eles estavam tentando negociar com o Ministério do Planejamento mais prazo para melhoramento do edital.

Poderão participar aqueles candidatos que possuem nível superior em qualquer área de formação. O salário inicial para o cargo de agente é um dos motivos da grande espera pelo concurso: R$ 5.620.

Quem pretende participar já deve começar a se preparar: a seleção será composta de provas objetivas e discursivas, além de teste físico, psicotécnico e médico. Os aprovados nessas etapas passarão também por 706 horas de curso de formação.


Internauta pergunta: ‘E se o edital prevê apenas cadastro reserva e nenhum aprovado for chamado?’

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Olá, concuseiros! Percebemos que o o post “Aprovou, tem que chamar?” gerou comentários bastante polêmicos. Ao ler as opiniões deixadas por vocês, vimos que muitos têm dúvidas quanto aos direitos dos aprovados em concursos públicos. A principal questão se refere à formação de cadastro reserva nas seleções. Várias pessoas se manifestaram contra a criação do cadastro por acreditarem que se trata de um artifício utilizado pelos órgãos públicos para não ter a obrigação de nomear aprovados.

Assim, nossa equipe procurou um especialista para responder dúvida da leitora de apelido “Concurseira” que postou a seguinte pergunta: “O que acontece se o edital de um concurso prevê apenas cadastro reserva e, mesmo após a homologação do resultado, nenhum aprovado for chamado?”

NADA. Essa é a resposta, de acordo com o professor de Direito Administrativo Rafael Spyre. Ele nos explicou que, do ponto de vista jurídico, essa é uma atitude completamente legal. É que não há nenhuma lei que especifique sobre nomeação de candidatos aprovados em caso de cadastro reserva.

Mas o professor admite, no entanto, que o ato é moralmente incorreto. Ele afirma que se trata de uma artimanha dos órgãos públicos para não terem a obrigação de convocar e nomear os aprovados, já que, de acordo com decisões recentes do STJ, quando o candidato é classificado dentro do número de vagas oferecidas pela seleção, o órgão é obrigado a nomeá-lo.

Entretanto, Rafael lembrou que o próprio STJ, em concurso que realizou em 2008, previa cadastro reserva! É mole?

O professor vai ainda mais longe e afirma: “a infeliz estratégia de promover concurso para cadastro reserva e não nomear aprovados configura improbidade administrativa e lesão ao erário público, já que o órgão gasta dinheiro e tempo à toa”.

Além disso, tem o lado dos concurseiros! Afinal, eles também gastam tempo e dinheiro para estudarem, abdicam de outras tarefas e ficam na expectativa de serem nomeados, o que raramente acontece no caso do temido cadastro reserva! O que você acha disso tudo?