Governador de Sergipe assina projeto de lei que prevê novo concurso para o Detran

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Concurseiros de Sergipe podem se animar. Ao que tudo indica, um novo concurso será lançado em breve. De acordo com informações da agência de notícias do estado, o governador em exercício Belivaldo Chagas assinou na última terça-feira (13/10) o projeto de lei que irá viabilizar novo concurso público para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O PL será encaminhado para Assembleia Legislativa do estado. Ele prevê 300 oportunidades, sendo 250 para o cargo de assistente de trânsito e 50 para vistoriadores. O órgão possui um quadro de pessoal que conta com 440 funcionários, apenas 140 deles concursados. De acordo com o governador, a previsão é de o concurso aconteça ainda este ano.

CCJ aprova a criação de 360 cargos para o Ministério da Agricultura

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Mais oportunidades previstas para o Poder Executivo. A Comissão de Constituição Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (13/10) o Projeto de Lei 3948/08, que cria 360 cargos efetivos de técnico e auxiliar de laboratório para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).  

O relator do caso, deputado Luiz Couto (PT-PB), votou pela constitucionalidade, juridicidade e boa técnica legislativa. Os novos cargos deverão substituir contratos de terceirização de serviços.

Já existe uma seleção pública prevista para o MAPA, mas com oportunidades para os cargos de agente administrativo (nível médio) e administrador, contador, economista e analista de sistemas (nível superior). Serão oferecidas 288 oportunidades.

Estas contratações terão como contrapartida a extinção de 319 postos terceirizados dentro do MAPA, que estão contra a legislação vigente.

Provas do MPOG em Roraima causaram tumulto; Funrio diz que concurso corre normalmente

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Ao que parece, o fim de semana não foi muito tranqüilo para alguns concursandos da Região Norte. De acordo com informações veiculadas pelo jornal Folha de Boa Vista, a prova do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) aplicada na capital de Roraima contou com uma série de irregularidades. Ainda segundo o jornal, a prova havia sido cancelada por indícios de fraude.

 

Segundo o veículo, os candidatos que foram submetidos às avaliações objetivas na manhã do último domingo (11/10), na escola estadual Monteiro Lobato, questionaram a lisura do concurso. A primeira alegação foi de que as provas chegaram com atraso à sala de aula. A publicação conta que o certame estava previsto para às 7h, mas teve início apenas às 8h30. Outra reclamação dos concorrentes é de que as provas chegaram ainda quentes sobre as mesas, o que gerou a desconfiança de que elas tenham sido fotocopiadas. Os cartões de respostas também estariam com números ilegíveis e sem identificação dos candidatos. Após o ocorrido, os candidatos entraram em contato com a Polícia Federal e pediram a nulidade do concurso, tanto em Boa Vista quanto em âmbito nacional.

 

Para checar todas essas informações, entramos em contato com a assessoria de comunicação da Funrio, responsável pelo concurso que oferece 566 oportunidades de níveis médio e superior. Nos informaram que a seleção não foi cancelada para a cidade de Boa Vista e que, dos 24 candidatos inscritos para o estado, apenas metade se dispôs a responder às questões. A organizadora afirmou que aqueles que se sentiram lesados e se recusaram a participar do concurso foram considerados desistentes e aqueles que responderam às questões terão suas provas corrigidas normalmente.

 

A Funrio nos disse que as provas deveriam começar às 8h e não às 7h, como versou o jornal. A empresa assume que houve, de fato, um atraso, mas que os candidatos tiveram o tempo perdido compensando no final da prova. Nos informaram ainda que a equipe disponível no local orientou os candidatos que reclamavam da legalidade do concurso a responderem as questões – e que após o término do certame, se achassem necessário, entrassem com ação judicial, pois é um direito do candidato.

 

Em relação aos cartões de resposta – que devem ser destacados da prova, a Funrio assumiu que eles não eram personalizados, ou seja, não continham o nome e outras informações do candidato. Informaram ainda que a empresa disponibilizou cartões extras, com campos em branco, que devem ser preenchidos pelos candidatos em caso de emergência. Este tipo de cartão é corrigido de maneira diferenciada, manualmente.

 

Se você se deparasse com uma situação como essa, desistiria ou não de fazer as provas?

Comente!

 

 

 

Nova enquete: você concorda com o PLS 122/08, que exige cronograma de nomeação no edital?

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Concurseiros,

Estamos aqui com uma nova enquete. Baseados na matéria veiculada ontem aqui no blog, “CCJ deve examinar Projeto de Lei do Senado que exige cronograma de nomeação em edital”, nós queremos saber:

Você concorda com o Projeto de Lei do Senado 122/08, que exige dos órgãos públicos um cronograma de nomeação no edital de abertura dos concursos?

Contamos com a sua participação! Comentem!

Em breve o resultado será postado.

Receita Federal encerra inscrições para auditor nesta terça-feira

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Aspirantes ao cargo de auditor-fiscal, fiquem ligados! A Receita Federal encerra nesta terça-feira (13/10) o período de inscrições do concurso que oferece 450 oportunidades para o cargo. Confira abaixo mais detalhes sobre o concurso:

Cargo: auditor-fiscal (nível superior em qualquer área de formação)
Salário: R$ 13.067
Organizadora: Escola de Administração Fazendária (Esaf)
Estrutura da seleção: três provas objetivas (conhecimentos gerais e conhecimentos específicos I e II), provas discursivas, sindicância de vida pregressa e programa de formação, com carga máxima de 240 horas.
Data da primeira avaliação: 5 e 6 de dezembro
Inscrições: até às 23h59 desta terça-feira (13/10), pelo site www.esaf.fazenda.gov.br / taxa de R$ 130

Acesse o edital de abertura do concurso.

E quem não vai tentar este concurso, ganha uma nova chance para ingressar na Receita. O órgão lançou recentemente outro edital, desta vez com 700 vagas para analista tributário (que também exige nível superior em qualquer curso). O salário é menor (mas ainda alto!), alcançando a cifra de R$ 7.624,56. As inscrições terão início no dia 10 de outubro, também pelo site da Esaf.

E aí, qual vale mais a pena?

CCJ deve examinar Projeto de Lei do Senado que exige cronograma de nomeação em edital

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deverá examinar na próxima quarta-feira (14) o Projeto de Lei do Senado 122/08, proposto pelo Senador Marconi Perillo, do PSDB de Goiás. O PLS pretende alterar a Lei nº 8.112/90 – que dispõe sobre os servidores públicos da União – e exige que os órgãos indiquem no edital de abertura de cada seleção o cronograma de convocação dos aprovados para nomeação.

Perillo afirma que tem se tornado bastante comum a não nomeação de aprovados em concursos, devido à legislação atual deixar na mão dos órgãos públicos a decisão sobre as nomeações. O senador defende que o fato de os candidatos aprovados dentro do número de vagas não serem convocados para assumirem o cargo caracteriza “abuso de poder de administradores públicos irresponsáveis e insensíveis ao interesse público e aos esforços dos candidatos”.

O projeto recebeu voto favorável do senador Adelmir Santana (DEM-DF), relator do caso. A matéria deverá ser decidida em caráter terminativo, e se for aprovada na comissão, irá para a Câmara dos Deputados. Confira aqui mais informações sobre o PLS.

O que você acha do projeto, concurseiro?

Quatro concursos encerram inscrições neste feriado

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Quatro grandes concursos encerram inscrições nesta segunda-feira (12/10), Dia das Crianças e também de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. São 2.629 oportunidades distribuídas entre as regiões Nordeste e Centro-Oeste. Confira abaixo os detalhes de cada seleção:


Polícia Militar de Pernambuco (PMPE)
Vagas: 2.100
Cargo: soldado
Salário: R$ 970,42 durante o CFO
Organizadora: Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe)
Inscrições: www.upenet.com.br / taxa de R$ 80

Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP/GO)
Vagas: 400
Cargo: agente de segurança prisional
Salário: R$ 1,5 mil, além de R$ 500 por risco de morte
Organizadora: Fundação Sousândrade
Inscrições: www.fsadu.org.br / taxa de R$ 75

Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCRN)
Vagas: 72
Cargos: assessor técnico de controle e administração, assessor técnico de informática, assessor técnico jurídico e inspetor de controle externo nas especialidades de Administração, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia Civil e Tecnologia da Informação
Salário: de R$ 2.008,84 a R$ 4.419,44
Organizadora: Cespe/UnB
Inscrições: www.cespe.unb.br/concursos/tcern2009 / taxa de R$ 85

Departamento de Estradas de Rodagem do Rio de Janeiro (DER/RJ)
Vagas: 57
Cargos: técnico em estradas, engenheiro civil e técnico em comunicação social
Salário: de R$ 1 mil a R$ 2 mil
Organizadora: Ceperj
Inscrições: www.ceperj.rj.gov.br / taxa varia de R$ 35 a R$ 50

Funrio cancelará inscrições feitas mais de uma vez em concurso da PRF

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Novidades quentíssimas sobre a confusão referente às inscrições para o concurso da Polícia Rodoviária Federal.

Na tarde de hoje, a comissão da Funrio se reuniu com o procurador do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP/RJ), Edson Abdon  – que recomendou a suspensão do concurso – para definir as providências que serão tomadas a respeito das inscrições feitas mais de uma vez (para vagas em Estados diferentes) por um único candidato.

A partir de agora passa a valer apenas a primeira inscrição feita pelo concorrente. Os outros cadastros serão invalidados. A Funrio garante também a devolução do dinheiro referente ao pagamento das taxas de inscrição repetidas. A organizadora afirmou ainda que colocará uma nota em seu site sobre o assunto. De acordo com a fundação, há cerca de 2.500 inscrições nesta situação.

Durante o encontro com o procurador do MP/RJ, a Funrio argumentou que o edital prevê a possibilidade de inscrições da forma relatada no item 9.2.1:


“O candidato poderá se inscrever mais de uma vez, sendo que no dia da prova objetiva e redação deverá comparecer ao local e sala de prova da opção que privilegiar e realizar a prova a ela correspondente, sendo considerado faltoso nas demais opções.”

Édson Abdon, no entanto, entende que este item do edital não está de acordo com o princípio da isonomia que rege os procedimentos para realização de concursos públicos no Brasil. Por isso ele recomendou modificações, que foram acatadas pela organizadora do certame e serão publicadas em breve pela Funrio e pela PRF. “Como a organizadora nos respondeu dentro do prazo estipulado e foi possível encontrar uma solução para o problema rapidamente, não haverá prejuízos para a seleção. A data das provas está, inclusive, mantida para o dia 18 de outubro”, explica o procurador.

A equipe do blog também entrou em contato com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo a PRF, o órgão está acompanhando o caso de perto e tem discutido um possível comunicado oficial que poderá ser divulgado na próxima semana.

E aí, concurseiros, o que vocês acharam da notícia? Será que este é o fim da polêmica?

Câmara rejeita projeto que isenta doadores de sangue de pagar taxa de inscrição em concursos

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
O Projeto de Lei 68/7, (PL) de autoria do deputado Felipe Bornier (PHS-RJ), que isenta doadores de sangue de pagar taxas de inscrições em concursos públicos e vestibulares de universidades públicas foi rejeitado pela Câmara dos Deputados.

A Comissão de Finanças e Tributação decidiu vetar o projeto na última quarta-feira (7/10). Como o parecer da Casa é terminativo, o projeto será arquivado. De acordo com o relator, deputado Ricardo Barrros (PP-PR), o PL é incompatível e inadequado com as questões financeiras e orçamentárias que regem a isenção de taxas de inscrição em concursos públicos. “Apesar de o projeto ter propósitos nobres, ele descumpre os requisitos exigidos pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2009.”, explica o relator.

A proposta também havia sido rejeitada pela Comissão de Seguridade Social e Família. Apenas a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou a iniciativa.

Veja o Projeto de Lei na íntegra.

E você, concurseiro, o que pensa sobre esta decisão da Câmara? Queremos saber sua opinião!

Funrio se defende da acusação que pede suspensão do concurso da PRF

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

 Caros concurseiros,

Entramos em contato com a assessoria de imprensa da Funrio para saber quais atitudes serão tomadas em relação ao concurso da Polícia Rodoviária Federal. A empresa recebeu a recomendação do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ) e informou que responderá no prazo de 48 horas, como exige o documento.

 

Ontem, o MPF/RJ pediu a suspensão imediata da seleção promovida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Conforme o órgão, o edital do processo seletivo, feito pela Funrio, permitia que o candidato se inscrevesse para vagas em diversos Estados realizando uma única prova, o que faz com que as chances de aprovação sejam aumentadas. Confira aqui os detalhes do caso.

 

A Funrio se defende da acusação de ma-fé afirmando que o edital prevê a possibilidade de inscrições no item 9.2.1:

 

O candidato poderá se inscrever mais de uma vez, sendo que no dia da prova objetiva e redação deverá comparecer ao local e sala de prova da opção que privilegiar e realizar a prova a ela correspondente, sendo considerado faltoso nas demais opções.

 

A assessoria nos explicou que o item dá possibilidade para que o concurseiro se inscreva em diversos Estados e depois escolha em qual quer concorrer. Essa decisão é feita antes da realização da prova, a critério do candidato.

 

Ficaremos de olho no caso! Qualquer novidade postaremos por aqui.