Foto: Lorena Pacheco/CB
WhatsApp Image 2018-04-25 at 18.14.13 Foto: Lorena Pacheco/CB

Aula VIP: professor dá aula para concursos com direito a vinhos e queijos

Publicado em Concursos Públicos

Mesinhas redondas, ambiente íntimo com luz baixa, tábua de queijos, taças cheias de vinho. É ou não é um cenário para curtir com os amigos? Mas, acredite se quiser, trata-se de uma inusitada sala de aula (pelo menos no sentido “não físico” da coisa). Além da atmosfera descontraída, estão também sobre as mesas apostilas de estudo para concursos públicos, mais especificamente sobre informática, disciplina cada vez mais presente na maioria das seleções.

A Aula VIP, que já está em seu quinto encontro, é uma ideia do professor Deodato Neto. São aulas exclusivas, com até 10 pessoas, geralmente quinzenais. A ideia é promover conforto e tirar as pessoas da rotina estressante de preparação para concursos, explica o especialista. “Meu objetivo é sair da mesmice da vida mesmo. Tudo que tem essa interação, que faça com que você saia da rotina é muito válido para estudar bem e com foco. Quando eu estudava, pelo menos uma vez por semana ia para um lugar diferente para fixar melhor as informações. E é o que acontece na Aula VIP, muitas das questões que respondemos os candidatos vão lembrar que viram nesse ambiente e assim poderão ter maior rendimento nas provas.”

Para estimular ainda mais a participação e atenção dos estudantes, o professor também promove, em toda aula, um desafio de questões e quem acerta mais respostas acaba levando de presente uma garrafa de vinho.

WhatsApp Image 2018-04-25 at 18.32.25

O vinho: ajuda ou atrapalha

Na última aula, enquanto aprendiam sobre protocolos de compartilhamento e segurança de dados na internet, os alunos eram servidos de um malbec argentino, com teor alcoólico de 13,8%. Mas, a pergunta que não quer calar é: o vinho ajuda ou atrapalha o aprendizado?

Segundo Simone Rocha Santos, presidente da Associação de Nutrição do Distrito Federal (ANDF), assim como as uvas roxas e o suco de uva, o vinho tinto é fonte de resveratrol, substância (flavonoide) encontrada na casca das uvas escuras, que têm características antioxidantes e anti-inflamatórias, prevenindo assim a perda cognitiva ao longo dos anos. “No processo de estudos para concurso público, a maioria dos estudantes tem necessidade de relaxar um pouco, devido ao estresse da preparação. Então beber uma taça de vinho pode ajudar a relaxar e descontrair um pouco, favorecendo a concentração e o foco no aprendizado,” acredita a especialista.

E mais, de acordo com Lauro Barros, gerente comercial do DOC Vinhos, local onde se realizam as aulas, a bebida em doses moderadas pode melhorar a concentração, beneficiando os estudos. “O vinho tem um alto índice de polifenol e isso ajuda muito a despertar o poder de concentração e raciocínio lógico”. Para potencializar os efeitos do vinho, Barros recomenda o vinho tinto, já que polifenol está mais presente.

Saiba aqui quais outros alimentos podem te ajudar na hora de estudar para concursos! 

 

Foto: Lorena Pacheco/CB

Quem foi recomenda

“Foi a primeira vez que eu participei! Eu achei super descontraído e me fez gravar na memória tudo o que vimos durante a aula. Até o momento eu só estudava no meu quarto, sair da rotina me ajudou muito. Estou até pensando em variar os lugares frequentemente agora. Estou pensando em fazer revisões das matérias bebendo uma tacinha de vinho seco!! (Sério) Eu super recomendo a aula, porque é uma forma eficiente de aprendizado e além de tudo é divertido. A rotina de estudos é muito maçante e uma aula diferente como essa serve até de incentivo para estudar.”
– Jéssica 

“É a segunda aula do vinho que eu participo e adorei! É um momento diferente do que estamos acostumados nessa vida tensa de concursos! O professor torna o momento pesado, tenso em algo diferente em que a gente apreende muita coisa! A aula é diferenciada e educativa. Além do bom vinho e queijos oferecidos. Para mim vale muito a pena! Deu para ter um momento de estudos com qualidade!”
– Larissa 

“Foi a primeira vez que participei. Achei bem interessante e produtivo. Às vezes estudar só em um ambiente acaba desgastando o psicológico, porque a rotina pode gerar mais ansiedade ainda. Estudar informática em um local diferente, descontraído, com pessoas diversas daquelas com as quais não convivo, fez com que o estudo se tornasse mais interessante. E isso pode ajudar a fixar o conteúdo de uma melhor forma.”
– Luellyn 

Serviço

O valor da Aula VIP com degustação de vinhos varia entre R$ 50 e R$ 100 e as vagas são limitadas. Os encontros acontecem no espaço D.O.C Vinhos, localizado no Venâncio Shopping, Asa Sul – DF. Quem quiser participar pode se inscrever pelo número (67) 99217 6565.

Leia também: Para aliviar estresse da reta final de estudos, concurseiros levam os livros para o bar

  • Site OsAnarcocapitalistas Esco

    nada como riquinhas parasitas decorando edital para continuar riquinhas parasitas concursadas.

    trabalhar durante o dia? ah só depois de formada, papai me banca!

    • Bruno

      Não penso assim. É um privilégio poder só estudar para o cargo que deseja. Eu já larguei cargo público para estudar para outros e meu pai segurou a “onda”. Acho que todo mundo gostaria de poder “só” estudar para concursos, encurta e muito o tempo de “sofrimento” para a aprovação. Quanto a aula com vinho e queijo, “cada um com seu cada um”, pode ser uma aula mais descontraída e tal…se é eficaz não sei.

  • Dexter Xiz

    Resumindo: Vai pra rola!