Como ajudar o pet no engasgo

Publicado em Sem categoria

 Saiba o procedimento de primeiros-socorros no caso de engasgo. A rápida assistência pode salvar a vida do melhor amigo

 

Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução

 

Uma das situações mais desesperadoras que se pode passar com um pet é quando ele engasga. E, curiosos, os danadinhos estão sempre farejando e ingerindo coisas do chão, o que aumenta o risco de algum objeto entalar na garganta.

Por isso é preciso, conhecer alguns procedimentos de primeiros socorros. “De imediato, você pode utilizar uma lanterna para avaliar o que pode estar entalado no fundo da garganta do animal”, explica o médico veterinário da loja virtual Petlove, Márcio Waldman. “Caso consiga ver o objeto, você pode tentar retirá-lo. Nesse momento, uma pinça pode ajudar, mas é necessário muito cuidado. Um movimento mais brusco pode acabar empurrando ainda mais o objeto para o fundo ou, ainda, machucar a garganta do bichinho”, reitera.

 Segundo Waldman, o engasgo pode não ser identificado prontamente, então é importante ficar de olho em alguns sintomas, como: elevar insistentemente a patinha à boca, apresentar a gengiva azulada ou esbranquiçada e, em casos mais graves, até um desmaio pode ocorrer.

 E lembre-se: se o engasgo aparentar ser mais profundo, o mais indicado é pedir o apoio de um profissional de imediato.

Primeiros socorros

Quando identificar que seu cãozinho está realmente engasgado é hora de entrar em ação. O mais recomendado é levá-lo ao veterinário, no entanto você pode tentar algumas manobras enquanto não chega até o consultório ou caso não haja tempo suficiente.

Você pode, também, ligar para o médico veterinário para que ele te auxilie durante os procedimentos. Isso seria o mais indicado. De qualquer forma, vou te passar algumas medidas básicas para os primeiros socorros caso seu animal esteja engasgado.

Objeto preso na garganta

Você pode tentar observar se encontra algum objeto preso na garganta do seu animal. O ideal seria obter a ajuda de alguém para que possa segurar firme o cachorro a fim de não machucá-lo. Use uma lanterna para ver melhor o fundo da garganta. Caso consiga ver o objeto, você pode tentar retirá-lo, mas precisa tomar muuuuuito cuidado. Um movimento mais exagerado e você pode acabar empurrando ainda mais o objeto ou ainda machucar a garganta do bichinho.

Utilize uma pinça ou algo similar. Mais uma vez, peça a ajuda de alguém para manter o animal imóvel e realizar com calma o procedimento.

Manobras para ajudar seu animal engasgado

Outra forma de tentar deslocar o objeto que esteja obstruindo a garganta de seu animal é realizar algumas manobras.

Se o cachorro for pequeno, segure-o pelas patas traseiras e levante ele, deixando a cabeça para baixo. Chacoalhe o animal (DELICADAMENTE) e veja se ele consegue expelir o objeto.

Já se seu cãozinho for grande e for impossível suspendê-lo, segure as patas de trás e levante-as, mantendo as patas dianteiras no chão. Como se estivesse fazendo um carrinho de mão com o animal, sabe? Fique atento para ver se o objeto é expelido.

Manobra de Heimlich.

A manobra de Heimlich é aquela utilizada para socorrer humanos engasgados. Por ser mais agressiva, ela pode ser um pouco perigosa e acabar machucando algum órgão do animal, por isso só faça em caso de extrema necessidade.

Para realizar essa manobra, você vai segurar o cachorro com as costas apoiadas no seu peito. Entrelace as mãos posicionando-as no abdômen, abaixo das costelas. Faça força e pressione o corpo do animal contra o seu realizando o movimento para cima. Isso faz com que o ar que está no animal expulse o objeto que esteja preso na garganta. Mais uma vez, fique atento para ver se observa alguma coisa saindo da boca do animal.

Mesmo que consiga remover o objeto e seu animalzinho esteja respirando normalmente, engolindo e com o rabinho abanando, é importante levá-lo ao médico veterinário para ter certeza de que o incidente não machucou a garganta nem nenhum órgão do cãozinho. Depois, é só ficar sempre atento ao que seu filho peludo anda xeretando para isso nunca mais acontecer!

FONTE: PETLOVE

**************

Parabéns, parabéns!!

Sábado foi aniversário do nosso blogueiro Bentinho. Fez seis aninhos de pura graça, beleza e amor. Comemoramos a data no domingo de manhã, em uma festinha que contou com a presença de muitos aumigos. Além de encher as barriguinhas com bolo (próprio pra cachorro!) e biscoito (idem!), a cachorrada brincou na piscina de bolinha, correu bastante e, principalmente, ajudou os cãezinhos que ainda aguardam um lar. De presente, Bentinho pediu ração para doar a um abrigo. Generosos, os aumiguinhos levaram perto de 60kg. Obrigada a todos! E obrigada, Bentinho, por ser meu filho de quatro patas. Mamãe te ama muito. #mãedecachorrocomorgulho

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

  • filomena seiffert

    E’ mais facil ser mae de cachorro do que de humanos. Cachorro nunca vai ser bandido, nunca vai abandonar a mae, nunca vai ser rude e nunca vai magoar a mae. Eu tambem sou mae de um cachorrinho, ele me dar muuita alegria

    • Paloma Oliveto

      Eles são demais, não é, Filomena? Beijos para eu filhinho!