CBPFOT180920170822 18/09/2017. Crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Favas Contadas. Omelete salgado do restaurante Omeleteria, na 209 norte.

Tem novidade na Asa Norte! Conhece a Omeleteria?

Publicado em

Autointitulado “metido a cozinheiro, daqueles que têm até roupa de chef”, Constâncio Viana Coutinho resolveu levar sua especialidade ao grande público depois de ouvir as sugestões da esposa e do sogro. “Eu adoro ovo e omelete. Para variar a receita, resolvi assar a omelete em vez de fritar. Fui testando e meu sogro perguntou porque eu não abria uma loja especializada na receita”, conta. Assim surgiu a Omeleteria, inaugurada há cerca de dois meses no bloco D da 209 Norte.

18/09/2017. Crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Favas Contadas. Constâncio Coutinho, proprietário do restaurante Omeleteria, na 209 norte.
18/09/2017. Crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press. Brasil. Brasília – DF. Favas Contadas. Constâncio Coutinho, proprietário do restaurante Omeleteria, na 209 norte.

A receita servida na casa segue como base de três a quatro ovos e cerca de 50g de muçarela ralada bem grosso. Daí por diante quem manda é a criatividade do cliente. Ele pode escolher 5 itens entre os 20 oferecidos para compor a omelete padrão (R$ 12 — 200g) ou kids (R$ 9 — 120g). Ainda tem os combos, como o que combina uma omelete padrão, uma doce e uma bebida por R$ 16.
Vale colocar rúcula, atum, tomate, cogumelos, cebola roxa, charque desfiado e outros itens. “Alho poró, frango e bacon são os itens mais pedidos”, afirma Constâncio, que tem mais dois sócios no empreendimento: Jasiel Fernandes e o ex-secretário de Segurança Pública Sandro Avelar. O empresário ressalta que usa ovos in natura, batidos a cada meia hora para evitar contaminações.
Para manter o padrão da receita testada em casa — assada, lembra? —, o trio investiu num forno que mescla calor e micro-ondas. “A gente usa 100% da capacidade do calor, a 260ºC, e 30% do micro-ondas para que a massa não fique borrachuda e as folhas não percam a crocância. Assim, a receita fica pronta em cerca de três minutinhos e fica dourada por fora”, ensina Constâncio.

A qualquer hora

18/09/2017. Crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Favas Contadas. Omelete de nutella do restaurante Omeleteria, na 209 norte.
18/09/2017. Crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press. Brasil. Brasília – DF. Favas Contadas. Omelete de nutella do restaurante Omeleteria, na 209 norte.

Omelete é uma iguaria a ser comida sem hora marcada. É o que Constâncio garantiu, pois o movimento na Omeleteria começa cedo, ainda no café da manhã, e segue para almoço e lanche da tarde. Mas o auge é mesmo à noite, quando as pessoas passam por ali para um jantar mais leve ou mesmo para aproveitar e comprar as omeletes para viagem — “tem muita gente que passa aqui e leva”, atesta o empresário.
Uma surpresa que guarda a Omeleteria são as omeletes doces. Não vai se arrepender quem se livrar das amarras do preconceito e provar a omelete que, feita com a mesma base da salgada, ganha textura parecida com a de um pudim depois de passar cerca de 40 minutos no forno — por isso, eles aceitam encomenda e disponibilizam opções na vitrine. Os sabores do doce, servido a R$ 4, a porção de 50g, vão de morango com chocolate a doce de leite, passando pelos campeões chocolate branco e Nutella.
A Omeleteria ainda é um bebê de dois meses, mas, orgulhoso da cria, Constâncio já tem planos de expansão, com serviço de delivery prestes a ser instalado e franquias já sendo estudadas. A casa funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 21h30, e sábado, das 9h às 23h. Domingo é dia de descanso. Telefone: 3264-0620. (Vinicius Nader)