Créditos: Rômulo Juracy/Divulgação. Gaspacho do restaurante Tejo. Créditos: Rômulo Juracy/Divulgação. Gaspacho do restaurante Tejo.

Tejo estreia sopa fria gaspacho

Publicado em

De origem árabe, a palavra gazpacho significa pão ensopado, mas a iguaria em sua forma mais conhecida é uma sopa típica da região espanhola da Andaluzia. Foi lá na Espanha, país vizinho de Portugal, que Manuelzinho Pires se inspirou para trazer para o seu restaurante Tejo, de culinária lusitana, a sopa fria que estreia hoje no menu especial de primavera. Com tomate, pimentão, azeite, pepino, vinagre o miolo de pão o delicioso gaspacho andaluz sai por R$ 26.
Outro lançamento é o salmão grelhado que o chef cearense Custódio Alves (trabalha há 10 anos com Manuelzinho e a mulher, Natividade) elabora com molho de maracujá e legumes salteados no vinho branco acompanhado de couve crocante (R$ 89). Por ser leve, também está incorporado ao cardápio o linguado ao molho de laranja escoltado de brócolis e batatas gratinadas (R$ 76). Os pratos vão bem com o vinho verde português rosé Lagosta (R$ 95) e o Torrontés argentino Octava Alta, sugere o sommelier Eugenio Cue.

Com tomates maduros, a dona da casa Nat Pires faz um doce bonito e incrivelmente gostoso que é servido com queijo português de leite de ovelha. Come-se assim: primeiro o doce, depois o queijo, alternadamente. Reservas pelo telefone: 3264-7005.