CBPFOT091120162382 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/DF Eisbein do chef Knut Ratschiller

Semana da Europa começa sábado com muitos sabores na Aliança Francesa

Publicado em

 

 

 

Evento muito esperado não só por quem curte gastronomia, mas também cultura em geral, é a 15ª edição da Semana da Europa, que começa amanhã e vai até o dia 19, portanto se estende por 16 dias. A abertura se dará na Aliança Francesa (708/907 Sul), no horário das 11h às 17h, com um mundo de sabores, quase todos artesanais que tem sido degustados todos os anos em edições anteriores.

 

Lá você vai poder se deliciar com a paella marinera (R$ 35), croqueta (R$ 4) e tortilha espanhola (R$ 20) do restaurante Chiringuito la esquinita, da Vila Planalto. A Bélgica marcará presença com a iguaria do food truck Batata frita da Hora e as delícias do chocolatier Aguimar Ferreira, que só usa chocolate belga. Já a Alemanha, que divide o estande com a Casa da Esperança, obra social luterana, oferece saboroso prato de dois salsichões com chucrute (R$ 30), além de cucas, bolos e pretzel. Também estará presente o chef Knut  Ratschiller, com Eisbein (joelho de porco por R$ 40); salsicha branca com salada de batata (R$ 35) e Apfelstrudel (R$ 15).

 

O pub irlandês The Brian Boru, de Pirenópolis, tem como atração chope verde, cerveja Guinness em lata, ensopado à moda da Irlanda, doce de chocolate e uísque. Já a culinária italiana estará representada pelas grifes Il Pandrino e Il Basilico que trazem algumas preparações de penne ao molho de tomate e manjericão; com mix de cogumelos e a matriciana; tiramisù de sobremesa e o limoncello Paraíso, feito na Chapada e lançado aqui há dois anos.

 

Ainda tem mais…

Crédito: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press. Pastéis de Nata, produzidos pela marca Trás-os-Montes

O tour gastronômico deste sábado  não terminou. O restaurante Le Jardin vai preparar sanduíches no croissant, além de vender vinhos franceses, enquanto a Casa do Holandês representará os Países Baixos com uma receita exclusiva de dutch hotdog.

 

Além da Zubrówka, uma das melhores vodcas do mundo, destilada sete vezes e que contém em cada garrafa uma folhinha da grama, alimento exclusive de bisontes, será possível experimentar no estande da Polônia o prato oficial do país, bigos cuja receita tem mais de 500 anos. Trata-se de um guisado de carnes diversas com couve branca ou chucrute.

 

A chef Daniela Cruz levará seus famosos pastéis de nata da marca Trás os Montes. Por fim, quem for ao estande da Suécia vai saborear Kanelbullar (rosquinha de canela) e Hallongrotton (biscoito amanteigado). No domingo, será realizada a corrida União Europeia.

 

Para ver e ouvir

 

Ao longo do dia da abertura, haverá muita música, a começar pela cantora sueca Kajsa Beijer, que vive aqui desde 2012, e se apresenta às 13h com repertório de jazz, pop, soul, gospel e R&B. A partir das 14h, dançarinos darão um show de bailes espanhóis, seguido de workshop de dança flamenca para o público.

 

Em seguida, sobe ao palco a soul woman alemã Georgia W. Alô, que interpretará música americana, como black music.

 

Orquestra Jovem de Metais e Percussão do SESC-DF será a atração das 16h sob a batuta do maestro Altair Paulo da Silva, que rege composições brasileiras e europeias executadas por 25 músicos, e às 17h desembarca na Aliança Francesa para encerrar a festa a banda franco-brasileira Cao Laru, criada na França por seis músicos.