blog 3

Maior prova do mundo

Publicado em

A cultura do vinho brasileiro começou na Serra Gaúcha, onde por muitos anos foi o terroir exclusivo da bebida feita pelos imigrantes italianos. Um século depois, o vinho se espalha pelo país a ponto de ser produzido em seis estados brasileiros: Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia, além da terra-mãe.

É essa diversidade de terroirs que será o destaque da 24ª edição da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2016, a ser realizada no sábado, 24 de setembro em Bento Gonçalves (RS). Mais de 240 amostras de 47 vinícolas produtoras desses seis estados estão inscritas no evento, a maior degustação de vinhos de uma mesma safra no mundo.

Degustação às cegas

blog 4

Terminada a inscrição das amostras, a Associação Brasileira de Enologia (ABE), promotora do evento, dá início à coleta dos vinhos diretamente nas vinícolas, tarefa que será executada por enólogos associados à entidade. Depois de coletadas, as amostras passarão a ser avaliadas por um grupo de 90 profissionais, que iniciarão o trabalho no dia 18 de agosto, no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho.

Divididos em grupos, os especialistas farão a degustação às cegas, de acordo com normas internacionais. O melhor da produção da safra deste ano só será conhecido no dia 24 de setembro, quando a relação dos 30% mais representativos serão anunciados ao público no grande evento, que encerra um trabalho “baseado em seriedade e comprometimento com quem produz, degusta e aprecia vinhos”, destaca o enólogo Juliano Perin, presidente da ABE.