Créditos: Liana Sabo/CB/DA Press. Drinque Melanina do Taj Bar. Créditos: Liana Sabo/CB/DA Press. Drinque Melanina do Taj Bar.

Gosta de drinque com frutas? O Taj tem!

Publicado em

Que o gim é a bebida do ano já se sabe, mas talvez pouca gente saiba que a primeira receita foi criada na Holanda, no século 17, como fórmula alternativa aos diuréticos e medicamentos para o tratamento de doenças renais devido ao seu principal ingrediente ser o zimbro. Quando chegou à Inglaterra, o gim ganhou qualidade no método de produção e passou a agradar paladares exigentes popularizando-se como bebida alcoólica.
Quem relembra a história do gim é o gaúcho Jonas Rossi, chef de bar do Taj Pharmacy. Em sua passagem por Brasília (ele visita todas as unidades da grife em Curitiba, Balneário Camboriú e Assunção, no Paraguai), o especialista ajustou com o chef local Julio Cesar Alves alguns drinques lançados para o carnaval. Curiosamente, Jonas não bebe, mas tem em suas papilas sensibilidade suficiente para degustar e corrigir qualquer bebida. “Cada cidade tem suas peculiaridades, aqui por exemplo o gosto do brasiliense é por drinques mais concentrados ao contrário do Sul, onde as bebidas são mais hidratadas”, revela Rossi.

Às frutas

drinques

Abacaxi, limão, uva e melancia são algumas frutas que entram na composição das novas receitas, como a do Fox Grape, de vodca, uva niágara, manjericão e cordial (sinônimo de xarope ou de licor) de hibiscos por R$ 31. Alguns estudos dizem que a palavra cordial começou a designar bebidas doces porque eram consumidas em ambiente cordial e amigável.
Já o No Pain, que leva vodca, cordial de capim-limão, manjericão, limão taiti, clara de ovo pasteurizada e Angostura (R$ 29), pode ser considerado “ o coquetel da mídia”, sugere Jonas. É que ele traz sobre a espuma a logo da casa. Mojito Noh, à base de rum, hortelã, xarope de açúcar e limão surpreende na apresentação com três fatias de melancia baby encharcadas na infusão a vácuo. Por R$ 30.

Também com melancia é o Melanina de gim Tanqueray, Campari, xarope de açúcar e limão siciliano (R$ 32). Abacaxi confere o sabor ao Pharmacy Pina Colada, à base de rum, água de coco e hibiscos (R$ 25) e dentro de um livro vem o criativo Pharmacy Book, de rum, vinho do porto, blended de uísque, cordial de framboesa, limão, noz moscada e defumação de canela por R$ 35.

A casa tem outra novidade. Meio ano depois de se instalar à beira do lago, surge no lounge o Taj Store, onde são comercializados produtos que decoram o espaço de inspiração indo-asiática, além de acessórios exclusivos da marca, como copos, taças, canecas. Há também uma linha exclusiva de óculos, pulseiras, cangas, biquínis, aromatizador de ambiente e kits para churrasco e sushis.