WhatsApp Image 2018-04-20 at 17.43.55 Prato quem matou o unicórnio?

Festa bombada anima Brasília no aniversário

Publicado em

Antes de se tornar sessentona, Brasília ganha uma festa espetacular, na qual a juventude dorada da capital e o público já nem tão jovem vão ficar deslumbrados com as experiências e sabores que a temática “a descoberta do ser” promete oferecer. O feriado de 21 de abril foi a data escolhida para a terceira edição da Surreal, um grande evento a ter lugar na Torre Digital, um dos monumentos mais ousados da cidade, com duração de 10 horas, das 23h59 às 10h.

A fama da festa atravessou fronteiras, tanto que quase a metade dos participantes virá de fora do Distrito Federal. Estão previstas mais de 24 atrações e muitas coisas que eles vão ver serão surpresas. A cenografia está baseada na dobradinha razãoXemoção.

Chefs e comidas

Como nas edições anteriores, a festa terá uma forte pegada gastronômica, que ao lado da música dos Djs constituem as duas principais vertentes do Surreal. Gourmets poderão se distribuir por três ambientes distintos: hip hop, clássico e hi tech. O primeiro será assinado pelo Ricco Burger, que criou mini-hambúrgueres especiais, como o pão roxo que traz o toque street style.

Treinado nos Estados Unidos, o chef Paulo Tarso exibirá sua elegante arte culinária no espaço Clássico com um prato exclusivo: Quem matou meu unicórnio? O próprio chef explica que se trata “de um purê surreal com polpetines de kobe recheados com fondue de queijo e redução de vinho tinto acompanhados de picles de cebola roxa e chips de beterraba”

O terceiro ambiente Hi Tech reflete a experiência obtida pelo chef Thiago Paraíso, de 26 anos, em cozinhas da Austrália e Suiça. Ele elegeu para servir uma síntese dos pratos mais pedidos em seus dois restaurantes de sucesso: Ouriço e Saveur.

No menu de Paraiso, há tartare de atum com palha de batata, servido no Ouriço e croquete de coelho com amora e maionese de pimenta, do Saveur. Tudo regado a bebidas de primeiríssima linha.