Borbulhas Foto1 — Augusto Tomasi - Vagao Filmes - Divulgação 2019. Crédito: Augusto Tomasi/Vagao Filmes/Divulgação. Favas Contadas. Cooperativa Vinícola Garibaldi é a brasileira mais premiada pelo segundo ano consecutivo. Prosecco Rose.

Duas grandes borbulhas brasileiras

Publicado em

1 — Elaborado apenas em safras excepcionais, Miolo Millésime Brut 2015 recebeu cuidados que começaram no vinhedo de Chardonnay e Pinot Noir que são colhidas e selecionadas manualmente. Depois da fermentação na própria garrafa, o espumante envelhece por 18 meses nas caves subterrâneas e climatizadas da Miolo. Da colheita até chegar ao mercado foram três anos. Para o especialista brasileiro Jorge Lucki, o Miolo Millésime Brut 2015 foi um dos melhores do ano de 2019 do Novo Mundo. O ideal é degustá-lo entre 6ºC e 8ºC.

2 — Com crescimento de 13% no faturamento e mais de 30% na venda de espumantes, a Cooperativa Vinícola Garibaldi amealhou, ao longo de 2019, 85 medalhas e menções em concursos no Brasil e no exterior. Pelo segundo ano consecutivo, a vinícola comemora a condição de marca mais premiada. Um dos responsáveis pelo desempenho é o Espumante Garibaldi Prosecco Rosé, primeiro da categoria no país e um dos pioneiros no mundo. Resulta da assemblage de Prosecco e Pinot Noir a bebida combina com saladas, sopas cremosas, peixes leves, frutos do mar e queijo.