Chefs de vários estados do país se divertiram no desfile da escola União da Ilha
FB_IMG_1518531771484 Chefs de vários estados do país se divertiram no desfile da escola União da Ilha Chefs de vários estados do país se divertiram no desfile da escola União da Ilha

Deu mestre cuca no carná

Publicado em

“É muito mais fácil cozinhar do que sambar”, exclamou Danio Braga, ao final do desfile da escola de samba União da Ilha, que empolgou a Sapucaí na madrugada de terça-feira, quando apresentou o tema Brasil Bom de Boca, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo. Na passarela, as alas destacaram café, chá, açúcar, frutas, como manga, melancia, abacaxi, açaí, cacau e guaraná, cereais como milho e arroz, legumes e tubérculos, como abóbora e mandioca, além de preparações consagradas da cozinha brasileira, como pato no tucupi, feijoada, coxinha de galinha e tacacá.
Atração à parte foi o último carro trazendo chefs renomados e queridos do púbico, como o francês-carioca Claude Troisgros, muito aplaudido pelos camarotes. A participação dos cozinheiros foi coordenada por Flávia Quaresma, verdadeira foliã, que convocou colegas de todo o Brasil.

A mais distante foi Denise Rohnelt, de Roraima, para quem desfilar no carnaval do Rio de Janeiro “foi uma grande emoção ver a história da alimentação do Brasil que foi descrita a primeira vez por Câmara Cascudo como enredo de escola. A União da Ilha trouxe as influências portuguesas, africanas, indígenas e dos outros povos que chegaram depois”, resumiu a chef, dublê de blogueira, que assina o site Letras saborosas.