WhatsApp Image 2020-05-29 at 18.25.55 Crédito: Nativas/Divulgação. Costelada com 550kg de carne assadas desde a madrugada

Costela assada no fogo de chão é atração de domingo no Nativas

Publicado em

Nesse domingo, o ultimo do mês de maio, o delivery da Nativas Grill, churrascaria instalada no SIA, desde o mês de novembro, traz uma grande atração para o gourmet carnívoro: costela bovina assada no espeto com fogo de chão. Trata-se de um dos rituais mais tradicionalistas da culinária gaúcha – toda ela executado no forno, fogão e fogo de chão. Quem garante o sabor do prato é o gaúcho de Erechim Gilberto Zortéa, que vive há 24 anos na capital e se tornou conhecido dos brasilienses justamente pela enogastronomia. Primeiro foram os vinhos vendidos por ele na Adega Baco, uma bem estruturada loja no Sudoeste, e nos últimos dois anos, Gilberto atuou como patrão no CTG Jayme Caetano Braun, onde comandava o costelão servido no primeiro domingo de cada mês.

Para o especialista, assar costela é uma rotina. “O segredo é amor e paciência”, diz Zortéa, que arma o cenário na véspera. “Sábado, deixo a “fogueira” montada com toras de madeira de eucalipto reflorestado e no domingo volto de madrugada para acender o fogo com gel e carvão mineral”, revela o gaúcho. Em seguida, ele espeta a carne e cobre-a de sal grosso que vai penetrando nas fibras à medida que vai assando num processo lento e gradativo de cerca de sete horas. “Depois de assada, a gente “surra” a costela no espeto batendo para tirar o excesso de sal”, ensina.

Crédito: Nativas/Divulgação. Gaúcho assador Gilberto Zortéa e a costelada

Enquanto tem carne no espeto, o fogo continua sendo alimentado “até terminar de vender”, diz Gilberto, que acrescentou no prato cinco acompanhamentos: arroz branco, mandioca cozida na água e sal passada na manteiga de garrafa, salada de batata com maionese, vinagrete e farofa de farinha de mandioca refogada no óleo, alho, cebola e sal. A costela completa sai por R$ 79,90 e serve duas pessoas. Para acompanhar, o assador sugere a uva uruguaia Tannat, que dá esplendidos vinhos harmonizados com carne, embora o dono da casa, Jaime Luiz Prezotto, natural de Anchieta, no norte catarinense, prefira um Malbec. Também soberbo!

Outras opções

Todos os acompanhamentos da costela são feitos na cozinha do Nativas Grill, que não parou um dia desde que começou a pandemia. A casa elegeu alguns outros pratos para oferecer no delivery e criou uma marmita de apenas R$ 18. Nela, vem arroz, batata frita, salada, frango, linguiça e carne bovina. Já na marmita especial de R$ 28 vem feijão tropeiro, arroz, salada, picanha e fraldinha, informa o gestor Renato Loureiro. Você também poderá pedir salmão com salada e arroz de brócolis por R$ 39,90 mesmo preço do carré de carneiro, que já comi lá antes do fechamento e gostei. Outra sugestão é o risoto de camarão por R$ 38,90. O delivery funciona todos os dias para almoço e jantar, com exceção de domingo, que atende só para o almoço. Pedidos pelo Ifood ou pelo telefone 3038-4680. Você também pode pegar lá no SIA, Trecho 14, lote 5, estacionamento do antigo Makro.