CBNFOT141120170752 Créditos: Igor Almeida/Divulgação. Filé divine, servido em novembro no Santé 13.

Conheça pratos novos e de dar água na boca em restaurantes da cidade

Publicado em

 

* Todos os meses há uma promoção no Santé 13, mas no mês de novembro há cinco anos que é a mesma. “Não se mexe em tradição”, diz o restaurateur Oswaldo Scafuto, que aposta no filé Divine, ao molho funghi servido com nhoque de abóbora com creme de queijo brie, por R$ 69. Telefone: 3037-2132.

Objetiva/Divulgação. Causa rellena do Nikkei para o festival Peru Week 2017.
Objetiva/Divulgação. Causa rellena do Nikkei para o festival Peru Week 2017.

* No Nikkei, o prato novo é o do festival Peru Week que vai até o dia 22 e traz entrada, principal e sobremesa, além de um pisco sour como boas vindas, por R$ 59,90. Escolha entre duo de tiraditos e causa rellena; filé-mignon em tiras com cebola, batatas e cebola roxa com arroz ou tacu tacu com aji de galinha. Ao final, o chef Miguel Ojeda oferece torta com calda de leite condensado e creme de leite coberta de merengue ou mini-churros. Telefone: 2099-2460.

Arquivo Pessoal/Divulgação. Vinho Anayon Cariñena do restaurante Tejo.
Arquivo Pessoal/Divulgação. Vinho Anayon Cariñena do restaurante Tejo.

* No Tejo, nem é o prato que é novo, mas o vinho. Manuelzinho Pires coloca em promoção o espanhol Anayon Cariñena, que de R$ 539 sai por R$ R$ 262 e harmoniza com a mais recente sugestão: arroz de cabrito com champignons por R$ 98. Telefone: 3264-7005.

* Para o chef Francisco Ansiliero o corte de chorizo na parte traseira do boi por sua camada lateral de gordura é o ideal na preparação de um bife acompanhado de arroz com charque. Ele elegeu a iguaria como ícone no mês de novembro. Sai por R$ 54, acompanhada de uma salada de alface, tomate, rabanete, cebola com geleia de aceto balsâmico e azeite, no almoço e jantar do Dom Francisco, da Asbac. Telefone: 3226-2005.

Liana Sabo/CB/DA Press. Calamarata da Tratoria da Rosario.
Liana Sabo/CB/DA Press. Calamarata da Tratoria da Rosario.

* Típico prato napolitano calamarata é uma massa (de grão de trigo duro), cujo formato se assemelha ao anel de lula, que, em italiano, é calamares. Não há inspiração melhor para produzir o prato de lula e camarão com molho simples, estilo mediterrâneo com tomate-cereja, manjericão, pimenta-do-reino, azeite extravirgem, alho e salsa. Só tem na Trattoria Da Rosario por R$ 95. Telefone: 3248-1672.

* Os chefs Guillaume Petitgas e Renata Carvalho já deram início ao preparo, a quatro mãos, do carneiro assado lentamente no forno que será servido com arroz de aletria no rendez-vous, que em francês significa encontro especial, marcado para amanhã no almoço no La Boulangerie Bistrôt, do CasaPark. Você pode pedir à mesa (R$ 48) ou comer na baguette em fatias (R$ 25) curtindo o Jazz Cigano de Igor Diniz.