Comida de vó é tema do Festival Panelas da Casa que vai até o dia 12 de agosto

Publicado em

No mundo agitado que vivemos, não paramos para lembrar que sabor tinha a comida da vovó. Pode ser que alguém tenha ainda o privilégio de degustá-la, afinal as avós vêm de uma época em que quase todas – senão a maioria – cozinhavam. O tema voltou à baila e alguns chefs da cidade tiveram de vasculhar os becos da memória para reproduzirem a comida de vó.

Esse é o tema do Festival Panelas da Casa, cuja sétima edição começou dia 26 de julho e vai até 12 de agosto. Quinze grifes gastronômicas participam do evento, que oferece menu completo (entrada, principal e sobremesa) por R$ 49,90. Você ainda tem a opção de pedir apenas o prato principal por R$ 34,90.

Pegada cultural

Criados especialmente para o evento, os cardápios trazem a origem do prato como a japonesa da avó do chef do Genghis Khan, Mateus Takano, que desenvolveu um frango cozido com shoyu e saquê, espessado no próprio colágeno, finalizado com ovo e cebolinha. Ou italiana, como a avó do chef Alexandre Albanese, que apresenta no Nossa Cozinha Bistrô uma carne cozida lentamente por seis horas com ervas aromáticas e à base de tomate, servida com talharim artesanal. Também do país da bota, veio a inspiração para o espaguete com molho sugo e polpettines recheados de muçarela, azeite, salsa, manjericão fresco e pangrattato (espécie de farinha feita de pão seco moída) oferecido no Veloce, do Deck Brasil.

Nossa Cozinha Bistrô - Menu completo - Crédito Telmo Ximenes (2)

Já o chef David Lechtig, do El Paso (110 Norte, 404 Sul e Terraço Shopping), guarda até hoje o caderninho de receitas da família, no qual a de anticuchos foi a primeira de comida peruana, daí estar no menu como medalhões de filé-mignon com mix de tubérculos sauté e creme de pimenta amarela. Na entrada, salada picante com pepino, abacate e tomate.

Dona Ady, que inspirou o chef Paulo Melo quando abriu o primeiro restaurante de comida mediterrânea da cidade chamado O Abajur da Ady, é autora do principal do Dona Lenha: arroz de forno com frango orgânico, paio, cebola tomate pimentão, cenoura, ervilha, quiabo, passas, ovo e gratinado com parmesão.
Para harmonizar os cardápios, o festival estabeleceu duas parcerias: Videira, que oferece vinhos argentinos e Colombina com sua variedade de cervejas. Confira as sugestões no www.facebook.com/panelasdacasa/