pisco sour Crédito: Liana Sabo/CB/D.A. Press. Brasil. Brasília - DF. Favas Contadas. Miguel Angel Murillo, embaixador do Pisco no Brasil.

Aprenda a fazer Pisco sour com especialista

Publicado em

Dedicado à cultura hispânica, o Instituto Cervantes além de aulas promove cinema, literatura, mostras de arte, gastronomia e até bebida. Como o pisco, que nasceu no Peru, fronteira com o Chile, daí ter a origem reivindicada também por Santiago. É peruano o embaixador do pisco no Brasil, Miguel Angel Murillo (foto), que ensinou o preparo do pisco sour usando a autêntica bebida destilada de castas especiais, como Quebranta, Tabernero, Uvina, Moscatel e outras.

Ideal como drinque de abertura para qualquer festa, você pode fazer em casa a receita de Miguel: 90ml de pisco; 40ml de suco de limão taiti; 50ml de xarope de açúcar (1 porção de água e 2 de açúcar branco); casca de laranja bahía, 30ml de clara de ovo. Bata com potência média numa coqueteleira por 12 segundos e sirva com três gotinhas de bitter angostura. Tintim!