Da escravidão à Lava Jato: sociólogo pensa o país de forma particular

Publicado em 6 Comentáriosensaio, filosofia, história, política, Sem categoria, sociologia

O problema do Brasil não estaria na corrupção herdada dos portugueses, mas na escravidão. Não estaria na maneira como fomos colonizados e sim na estrutura do sistema escravocrata implantado por aqui. E estaria, sobretudo, na desigualdade gerada por um projeto de país que, para funcionar, precisa manter grandes distâncias entre as classes pobres e as abastadas. Jessé de Souza não é unanimidade, mas é voz que tem sugerido uma nova maneira de olhar para os problemas brasileiros.

Cinco autoras contemporâneas para você conhecer no Dia da Mulher

Publicado em Deixe um comentáriohistória, humor, literatura, livro, machismo, mitos, reportagem, romance, Sem categoria, vítimas

No Brasil, as mulheres representam 51,48% da população. São maioria, segundo dados do IBGE de 2015. Mas esse número cai drasticamente quando se trata de livros publicados e da quantidade de escritoras no país. De acordo com pesquisa da Universidade de Brasília (UnB) que analisou as publicações de grandes editoras brasileiras nos últimos 49 anos, mais de 70% dos livros publicados são assinados por homens. No entanto, as mulheres escrevem. E muito. Os números do mercado editorial têm várias explicações, entre elas o preconceito de que mulheres escrevem sobre assuntos femininos e o fato de muitas terem menos tempo para a escrita porque são responsáveis por duplas jornadas de trabalho.

Que tipo de leitor é você? Viajante, isolado ou devorador?

Publicado em 1 Comentárioensaio, filosofia, história, ilustração, literatura, livro, mitos, Sem categoria

O leitor do século 21 é uma espécie de sobrevivente. E também um salvador. Cabe a ele salvar o ato de ler. O escritor argentino Alberto Manguel não é exatamente um otimista nesse campo, embora seja um Dom Quixote da leitura, com sua biblioteca de 30 mil livros no interior da França. Leitores e escritores como Manguel estão em extinção, por isso vale a pena prestar atenção nas comparações e alegorias que costumam usar. Em O leitor como metáfora, Manguel investiga os significados simbólicos da leitura para concluir que há três tipos de leitores.

Memórias e afetos do mundo musical

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

O jornalista Olímpio Cruz Neto transformou algumas de suas canções preferidas nos textos que compõem o seu primeiro livro: Playlist — crônicas sentimentais de canções inesquecíveis, disponível na plataforma digital Amazon. O autor enviou um dos capítulos para o blog. Confira a seguir a crônica sobre um dos maiores clássicos da banda inglesa dos anos 1980 The Smiths. Leia mais […]

Com humor, Julia Wähmann trata de perdas e demissão

Publicado em Deixe um comentáriohumor, literatura, livro, poesia, romance, Sem categoria, surreal

Você pode nunca ter sido demitido, pode já ter passado por isso algumas vezes (imagino que uma ou duas, no máximo, caso tenha nascido nos anos 1980) ou pode viver a expectativa disso há anos. E, com certeza, conhece alguém que já passou pela situação de ser dispensado. O fato é que você vai se identificar imediatamente com a personagem criada pela carioca Julia Wähmann nessa preciosidade que é o Manual da demissão. Então preste muita atenção quando colocar as mãos nesse livrinho: ele vai conversar diretamente com você e sim, vai fazer você rir de tão trágico o drama narrado. E ter algum carinho pela situação dolorida de ser dispensado.

Três livros sobre política para um ano de eleição

Publicado em 4 Comentáriosensaio, filosofia, história, política, Sem categoria

Em ano de crise política e econômica, uma das frases mais proferidas por aí foi sobre a pobreza do debate político no Brasil. As polarizações, os extremismos e a falta de diálogo viraram um problema, apartaram amigos e fincaram bandeiras. Em 2018, com eleições à vista e crise em curso, a confusão continua. Informação é ouro em tempos de fake news. Que tal mergulhar em algumas boas leituras para enriquecer o debate? Saber como pensam intelectuais e compreender um pouco a natureza do debate ajuda a pensar. O Leio de tudo selecionou quatro livros lançados recentemente que podem acrescentar informação e reflexão para quem vai ajudar a determinar os rumos do país em outubro próximo. Você, que é eleitor, pode encontrar aqui uma boa dúzia de argumentos.

Já fez sua lista de leitura para 2018? Veja aqui o que as editoras lançam este ano

Publicado em Deixe um comentárioensaio, fantasia, feminismo, filosofia, graphic novel, história, ironia, literatura, livro, machismo, quadrinhos, romance, Sem categoria

Quer preparar a lista de leitura para 2018? Tá na hora. O ano mal começou e ainda dá tempo de planejar o que ler. O Leio de tudo preparou uma seleção pinçada entre as previsões de lançamentos das editoras. Veja o que vem por aí.