O brasiliense Vaná: passageiro de última hora no voo do Porto para o México. Foto: FC Porto
IMG_2659 O brasiliense Vaná: passageiro de última hora no voo do Porto para o México. Foto: FC Porto

De Planaltina para o Porto: goleiro brasiliense vira concorrente de Casillas

Publicado em Esporte

Um depósito de 900 mil euros (R$ 3,3 milhões) na conta do Feirense transformou do dia pra noite o brasilense Vanailson Luciano de Souza Alves — o Vaná — em sombra de um dos melhores goleiros de todos os tempos. Nascido em Planaltina, Vaná mal teve tempo de arrumar as malas. Anunciado como reforço no site oficial do Porto, o goleiro revelação do último Campeonato Português embarcou rumo ao México para a pré-temporada do clube, que tem como titular simplesmente Iker Casillas. No mês passado, em entrevista ao nosso repórter do Correio Braziliense Pedro Henrique Gomes, Vaná desconversou sobre a negociação com o Porto, mas o acerto com o clube bicampeão europeu (1987 e 2004) era questão de tempo.

A notícia repercutiu aqui em Natal, onde Vaná vestiu a camisa do ABC e foi campeão potiguar. O diário português O Jogo conversou com Wlamir Gaúcho, preparador de goleiros de Vaná na passagem pelo clube alvinegro.

“Trata-se de um profissional, de um menino que queria buscar o seu espaço, que comprou a ideia quando chegou no ABC em 2015, onde foi campeão estadual e melhor goleiro do campeonato e vinha sendo dos principais jogadores do campeonato brasileiro. É muito técnico, mesmo com o corpo franzino, que nem parece um atleta porque é muito magro. Tem muita força, é muito ágil e tem uma tomada de decisão muito rápida e certeira. A principal característica dele é a personalidade, o profissionalismo e o foco, é extremamente focado no que faz e mostrou isso nesta época no Feirense”, disse Wlamir Gaúcho ao diário O Jogo.

O preparador de goleiros exaltou a força mental de Vaná. “Um goleiro tem de trabalhar sempre focado, não se pode desconcentrar, desde que sai de casa para o seu trabalho, tem de tentar corrigir eventuais erros e trabalhar as suas deficiências para que haja equilíbrio com as suas eficiências. O Vaná comprou essa ideia e tornou-se num rapaz exemplar, mais do que já era quando chegou aqui. Hoje, sou um treinador de goleiros muito feliz porque vejo um pouco do meu trabalho, seguindo na frente de um grande time como é o Porto. Espero que seja muito feliz, tenha sempre os pés no chão e alcance o êxito, que lhe é determinado na vida”, acrescentou.

Na opinião de Wlamir Gaúcho, Vaná tem potencial e experiência para concorrer com Casillas no Porto. “Ele já esteve no Coritiba. Além disso, tem uma força psicológica muito forte, não se assusta com grandes estádios, com grandes eventos e massas, depois é tudo uma questão de oportunidade. Pelo profissional e goleiro que é, acho que tem condições para jogar lá”, concluiu.