Comprimento e cumprimento: diferença

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Brasília completou 59 anos ontem. O aniversário da capital é sempre uma grande festa. Cumprimentos se multiplicam. E é aí que pinta o troca-troca. O o toma o lugar do u. Resultado: o estrago pede passagem. Atenção ao comprimento da saia, da estrada, do corredor. Não se esqueça do cumprimento na entrada e na saída. Tampouco do cumprimento à aniversariante. Por falar em cumprimentos Cumprimentar […]

Sérgio Cabral: tropeção no pronome

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Sérgio Cabral resolveu soltar a língua. Abriu o jogo e contou tim-tim por tim-tim o esquema de propinas montado no governo do Rio. A certa altura do depoimento, avaliou os estragos da roubalheira. Disse: “Se nós não tivéssemos feito os contratos, teria-se feito mais na saúde”. Viu? O ex-governador pisou a língua. Tropeçou feio na colocação do pronome átono. Talvez tenha faltado à aula quando […]

Verbos pronominais: o porquê, exemplos

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Verbo pronominal?  Há vários. Eles são transitivos diretos como acender, apagar, ferir e aposentar: Maria acende a luz ao entrar no quarto. Paulo apaga a vela quando sai de casa. Pedro fere o dedo. O INSS aposenta o trabalhador. Viu? Nos exemplos, o sujeito e o objeto são seres diferentes. Na primeira frase, Maria é o sujeito. Luz, o objeto. Na segunda, Paulo é o […]

Para obter? Para se obter?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Impõe-se uma reforma para obter agilidade da Justiça” ou “para se obter agilidade da Justiça”? Cuidado, muito cuidado. O se não tem vez com o infinitivo: Impõe-se uma reforma para obter agilidade da Justiça. A forma mais exitosa de aprender a tabuada é a repetição. Para morar bem, é importante investir em infraestrutura. O pequenino só acompanha o infinitivo com verbos pronominais: Para se aposentar […]