Gostou de o TSE reabrir caso? Gostou do TSE reabrir caso?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Apareceu na telinha da tevê: “Equipe do presidente não gostou do TSE reabrir casos”. Espectadores atentos estranharam a passagem “do TSE”. Recorreram à coluna. Perguntaram: no caso, o casamento da preposição com o artigo está correto? Resposta: na norma culta, não. Nós e a língua A língua se parece com os falantes. Cheia de caprichos, tem preferências. Tem, também, amigos e inimigos. O sujeito serve […]

Entre eu e o povo? Não, presidente

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Está declarada a guerra de versões. Sérgio Moro falou de manhã. Em entrevista coletiva, explicou as razões por que pedia demissão. À tarde, foi a vez do presidente . Calmo, Bolsonaro anunciou que ia mostrar quem é o ex-juiz, pessoa que só pensa em si mesma. Em dado momento, denunciou que Moro queria “botar uma cunha entre eu e o povo brasileiro”. Ops! Tropeçou na […]

Na pág 10? À pág. 10?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

  A gente diz “As provas estão insertas na página 10 ou à página 10”? Trata-se de adjunto adverbial de lugar. Na linguagem dos mortais, dá-se a vez à preposição em: Fiz marcas em várias páginas do livro. Preste atenção à nota referida na pág. 8. As provas estão insertas na pág. 10. É tradição na linguagem jurídica o emprego da preposição a. É tradição, […]

Bolsonaro foi à Ásia? Foi para a Ásia?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O presidente vai passar 15 dias na Ásia. Depois, voltará para esta alegre Pindorama. Daí a importância da regência. Em tempos bicudos, o erro na preposição pode ter consequências indesejáveis. Por isso, olho vivo: ir a = ir por pouco tempo. A volta é rapidinha: Foi ao cinema. Vamos ao clube. Iremos ao shopping amanhã. Vai a São Paulo consultar o médico. Vamos a Nova […]

Aos domingos? Nos domingos?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Aos domingos = todos os domingos: Vou à missa aos domingos. Há médicos que preferem dar plantão aos domingos. O comércio abre aos domingos. Os demais dias da semana seguem a mesma regra. Pedem a preposição a quando indicam ação que se repete: Os museus fecham às segundas-feiras (todas as segundas). Estudo inglês às terças e sextas. Costumo ir à livraria aos sábados. No domingo […]

Oportunidade de o Brasil mostrar? Oportunidade do Brasil mostrar?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Olhos se arregalaram. Ouvidos se afinaram. Bocas se calaram. Ninguém acreditava. Mas é fato. A prova está lá, nos anais da Assembleia Geral da ONU. A razão do espanto: construção pra lá de sofisticada exibida pelo presidente. “Esta é a oportunidade de o Brasil se apresentar ao mundo”, disse Bolsonaro diante do plenário lotado. Por que de o Brasil?, perguntavam presentes e ausentes. Há explicação […]

Crase: truque

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

José Ricardo leu este título no jornal: “Ciência movida à luz”. Estranhou o acento indicador de crase. “Está correto?”, pergunta ele. Não. Crase é o encontro de dois aa. No caso, a preposição e o artigo. Sem a duplinha, nada feito. Há um truque infalível que nos tira de enrascadas. Substitua a palavra feminina por uma masculina. Se no troca-troca der ao, sinal de crase. […]

Pra ou para?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

  O dicionário registra as duas formas. Para é mais formal; pra, informal. Mas ambas estão corretas. Num texto de bermudas e camiseta, o pra pede passagem. Num de terno e gravata, dê a vez ao para: Dirijo-me a Vossa Excelência para cumprimentá-lo pela proposta. Este é um país que vai pra frente.