Bater cabeça ou bater cabeças?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Sem comando, falta rumo ao Executivo, enquanto ministros vão batendo cabeças”, escreveu o Estadão de domingo. Esquisito, não? Parece que ministros têm mais de uma cabeça. O mesmo estranhamento se observa quando o noticiário diz que “10 garotos perderam as vidas no incêndio do alojamento do Flamengo”. Nós só temos uma cabeça. Só temos uma vida. Por isso, o singular pede passagem: Sem comando, falta […]

Plural: tenente-coronel, vale-transporte & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

O plural dos substantivos compostos tem lógica. Para acertar sempre, basta entendê-la. Eis dois exemplos: 1. Ambos os elementos vão para o plural se os dois forem variáveis: cirurgiões-dentistas, tenentes-coronéis, águas-fortes, cabeças-chatas, barrigas-verdes, cartões-postais, altos-relevos, más-línguas, baixos-relevos, redatores-chefes, segundas-feiras, primeiros-ministros, pesos-penas, meios-termos, os surdos-mudos. 2. Se, havendo dois substantivos, o segundo der ideia de finalidade, semelhança ou limitar o primeiro, impera a dose dupla – […]

Plural: pé de moleque & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Um pé de moleque. Dois… Um joão-de-barro. Dois… Adeus, dúvida. Só o primeiro elemento vai para o plural se preposição ligar as palavras: pés de moleque, pernas de pau, joões-de-barro, mulas sem cabeça, câmaras de ar, pães de ló, fogões a gás, estrelas-do-mar. Atenção Quando o segundo elemento estiver no plural, mantém-se o plural dele e flexiona-se o primeiro se for flexionável: mestres de obras. […]

Plural: números

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Em português, qualquer classe de palavra pode se bandear para o time dos substantivos. Basta antecedê-la de artigo, pronome ou numeral. Vestir serve de exemplo.  Assim, solto, o dissílabo é verbo (eu visto, ele veste, nós vestimos, eles vestem). Mas, nestas frases, ele entra na equipe dos nomes: O vestir da Maria é pra lá de charmoso. Esse vestir me agrada muito. A estilista apresentou […]

Time plural: férias & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

As aulas recomeçam. O Legislativo retoma as atividades. O Judiciário vai atrás. Todos se despedem da folga. É o fim das férias. Vale lembrar: férias joga no time de óculos. A dupla só existe no plural – meus óculos, os óculos, óculos escuros, óculos coloridos, as férias, férias natalinas, minhas férias, felizes férias. Nas férias, perdi os óculos. Alguém os achou? Não? Então preciso de […]