Pessoas perdem suas vidas? Xô, desperdício

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Más notícias fazem a festa. A frase aparece num dia e noutro também: “Cresce o número de pessoas que perdem suas vidas”. Reparou? Sobram desperdícios. Um: o s do plural. Cada criatura só tem uma vida. O outro: o pronome possessivo. Em tempos de vacas magras, quando somem empregos e se reduzem salários, economizar é preciso. Melhor poupar: Cresce o número de pessoas que perdem […]

Abreviatura: plural

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Abreviatura tem plural? Depende: 1. A maior parte das abreviaturas joga no time do com-com-com – com ponto, s do plural e acento: capítulo (cap.), capítulos (caps.), página (pág.), páginas (págs.), companhia (cia.), companhias (cias.), século (séc.), séculos (sécs.) 2. Dispensam o ponto abreviativo e o s indicador de plural as abreviaturas de hora, minuto, segundo, metro, quilograma, litro e respectivos derivados: 1km, 10km, 1g, […]

Plural: pauta-bomba & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

“Desgraça pouca é bobagem”, diz o povo sabido. O Congresso lhe dá razão. Num geste de irresponsabilidade, Suas Excelências aprovaram aumento de despesa de R$ 20 bilhões por ano. “É pauta-bomba”, disse o ministro. “Virão outras”, responderam deputados e senadores. Pintou, então a questão. Qual o plural de pauta-bomba? A duplinha joga em dois times. Um: pautas-bomba. O outro: pautas-bombas. Por falar em dois times… […]

Mulherezinhas ou mulherzinhas?

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Mulher tem plural. É mulheres. Tem diminutivo. É mulherzinha. E tem requintes. É o plural do diminutivo. Pra chegar a ele, temos de vencer três etapas. Uma: pôr o nome no plural. A outra: apagar o s. A última: acrescentar o sufixo – zinhas. Assim: mulher — mulhere(s) — mulherezinhas  Mesmo requinte O requinte contagia outros diminutivos. Além das palavras terminadas em r como mulher, […]

Samba-enredo: história e plural

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

No começo não havia samba-enredo. Valia o samba mais cantado nos ensaios de quadra. Em 1932, o jornal Mundo Esportivo, dirigido por Mário Filho, irmão de Nelson Rodrigues, organizou o primeiro torneio de escolas de samba. A Mangueira venceu. No ano seguinte, O Globo assumiu a festa, e a Mangueira levantou o bicampeonato. Mas o destaque foi o samba da Unidos da Tijuca, coerente com […]

Plural: bate-boca & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Bate-boca na Câmara. Sérgio Moro foi à comissão especial que trata da prisão em segunda instância. O deputado Glauber Braga pediu a palavra. Chamou o ministro de “capanga da família Bolsonaro”. O presidente Marcelo Ramos interveio. Disse que não admitia o uso do adjetivo capanga no recinto. Ops! Pior a emenda que o soneto. Capanga é substantivo. Novo capítulo A discussão correu solta. Os deputados […]

Plural: troca-troca & cia.

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

Dança das cadeiras no Planalto. Bolsonaro promove troca-troca de ministros. Rogério Marinho deixa a Previdência. Assume o Desenvolvimento Regional. Gustavo Canuto deixa o Desenvolvimento Regional. Assume a Dataprev. Onix Lorenzoni deixa a Casa civil. Assume a Cidadania. Osmar Terra deixa o Cidadania. Fica no ora veja. Faz companhia aos 12 milhões de desempregados desta alegre Pindorama. No muda-muda, pinta a questão. Qual o plural da […]

Nova sigla: Covid-19

Publicado em Deixe um comentárioportuguês

A Organização Mundial da Saúde bateu o martelo. Batizou a doença provocada pelo novo coronavírus. É Covid-19 — co de corona, vi de vírus e d de doença. O número que acompanha o nome dá um recado. Virão outras maldades provocadas pela família corona, que tem um montão de membros. Grafia As siglas não dão folga. Você abre o jornal, lá estão elas. Liga a […]